Como manipular gráficos


Aprenda como manipular gráficos com os militantes virtuais petistas com este método muito simples mas que engana muita gente.

Veja abaixo o gráfico que os militantes petralhas e apoiadores do estatuto do desarmamento divulgam na internet referente às taxas de homicídios no Brasil:



Veja que ele mostra uma subida vertiginosa da taxa de homicídios até 2003, primeiro ano do governo Lula e ano em que entra em vigor o estatuto do desarmamento, a partir de então, os índices despencam abruptamente.

É o que o gráfico mostra claramente. E os números não mentem, não é mesmo? Os números não mentem, mas os gráficos, como qualquer outro recurso visual estão sujeitos à "ilusões de óptica".

Neste caso a ilusão é feita propositalmente por conta do seguinte: O gráfico não começa do zero. Começa do 24 e vai até o 30. Ele faz um recorte somente na área onde houve variação nos números. Desta forma, qualquer variação mínima fica parecendo uma mudança radical.

Em segundo lugar. Os números estão desatualizados. A mesma fonte que eles citam já disponibiliza dados para os anos de 2009, 2010 e 2011. Veja aqui. (Na página 14)

Fazendo o gráfico de uma forma honesta e com dados atualizados, ele ficaria mais ou menos assim:


Olhando assim, parece que ficou na mesma, não?

E pra encerrar: Apesar da taxa ter diminuído em relação à 2003, o número absoluto de homicídios aumentou. Foram 51.043 homicídios em 2003 e 52.198 em 2011.

Desse ponto de vista, podemos dizer até que a violência aumentou.
Mas o mais honesto mesmo seria dizer que tudo continua na mesma e não houve mudanças significativas, o que já é inaceitável, visto que temos uma das maiores taxas de homicídios do mundo.



9 comentários:

  1. Excelente esclarecimento. Poucas pessoas percebem isso e os técnicos que trabalham pro PT abusam desses recursos de escala ao seu modo ou fontes não confiáveis/antigas/projeções sem qualidade.

    ResponderExcluir
  2. Mas a criminalidade realmente aumentou depois desse tal de desarmamento que foi feito só para garantir a farra dos bandidos.

    ResponderExcluir
  3. Manipulação de dados,mentira e engodo é com os petralhas mesmo.

    ResponderExcluir
  4. Os comunistas e sobremodo o PT que era em 80 partido de meia dúzia se infiltrou em tudo, igreja, escolas, clubes, etc...Mesmo numa conferencia de agronomia, ou qualquer outra reunião quando tem oportunidade de usar o microfone, soltam o verbo em favor do partido difamando os demais e principalmente os militares..E isso está sendo feito diuturnamente pela midia.Usam a tática de Goebels. Pior que muitos nem percebem que estão sendo cevados que nem javali

    ResponderExcluir
  5. Governantes que divulgam pesquisas mascaradas para iludir um povo, não têm competência nem moral para governar país nenhum!

    ResponderExcluir
  6. Ah, então isso só o PT que fez? Manipulação de tabela qualquer um usa como quiser, os dados estão escritos na gráfico. A Veja também não faz isso? Não é sobre gráfico mas um exemplo bom de manipulação de dados a se lembrar, foi do debate Collor x Lula em 1989, na qual a Globo somente divulgou o resultado das enquetes em que o Collor era vencedor. Não que a Globo tenha mentido mas ela mostrou o que lhe era interessante de modo interessante pra ela.

    ResponderExcluir
  7. Eu não acredito que o gráfico tinha a intenção de manipular dado algum. A medida é um índice de criminalidade, portanto é mais adequada do que analisar em termos absolutos, pois o crescimento da população poderia enviesar a análise.
    Outro ponto: tratando-se novamente de um índice, em que considera a quantidade de homicídios a cada 100 mil habitantes, qualquer variação, mesmo que pequena representa um grande número na realidade. Portanto o que mais me vale nesse gráfico é que a tendência que existia de 1998 a 2003, de aumentar, felizmente, não se confirmou e houve uma queda. Apesar de comparar 1998 com 2008, pioramos, porém há outros fatores conjunturais a se analisar.

    ResponderExcluir
  8. O blog Cafezinho é mestre nisso... Cada gráfico vexaminoso!

    ResponderExcluir
  9. Vale a pena lembrar que a proibição de ter arma não regularizada (o ponto-chave do desarmamento em si) só começou a valer a partir de dezembro/2009, quando acabou o prazo de anistia (Lei 11706/2012). Ora, todos sabemos que brasileiro deixa tudo pra última hora, ainda mais ter que regularizar uma arma de fogo... Portanto, considerar 2004 como marco temporal pra qualquer conclusão sobre os resultados do Estatuto do Desarmamento pode ser algo frágil do ponto de vista científico.

    ResponderExcluir