6 Fatos que seu Professor Esquerdista não te Contou

1. O comunismo falhou miseravelmente




Estima-se que os regimes comunistas tenham matado pelo menos 100 milhões de pessoas em todo mundo, ao longo do século XX. É o que conta, por exemplo, o polêmico Livro Negro do Comunismo. O número pode até ser contestado, mas tentar minimizar a enorme tragédia humana que representaram os regimes comunistas é puro revisionismo. Crimes de tamanhas proporções deixam rastros visíveis demais para serem negados.

Este número inclui não só os mortos pela repressão política totalitária, aspecto que muitos na esquerda dita "moderada" admitem, mas inclui também os mortos em consequência de políticas econômicas desastrosas, tais como os confiscos que resultaram na fome russa de 1921 e no Holodomor ou a coletivização forçada do campo, implementada por Mao Tse Tung que resultou na Grande Fome Chinesa, que por sua vez matou cerca de 45 milhões de pessoas. (Veja o documentário sobre A Fome Chinesa que publicamos em nosso canal)



Alguns desses regimes foram letais ao extremo. É o caso do Khmer Vermelho no Camboja que conseguiu exterminar nada menos que um quinto da população do país. 

O pior de tudo é que o comunismo acabou desmoronando em todos estes países e seu modelo teve que ser abandonado. Centenas de milhões de pessoas morreram em vão, em nome de um ideal fracassado.

Mas não só o velho comunismo falhou, os novos modelos de socialismo parecem ter trilhado o mesmo caminho trágico. O assim chamado "socialismo do século XXI" praticado na vizinha Venezuela já entrou em completo colapso econômico e social. A crise econômica e a carestia é uma das mais severas do mundo e a violência incontrolável é um dos sintomas da decadência total.


2. A teoria de Marx foi refutada



Karl Marx construiu toda a sua teoria em cima de uma ideia equivocada, herdada dos economistas clássicos: A teoria do Valor Trabalho. Segundo a teoria do Valor Trabalho, o valor real de  uma mercadoria era definido pela quantidade de trabalho investido na sua produção.

Com base nisso, Marx arroga ter descoberto o conceito da Mais Valia que dizia o seguinte: Se a mercadoria vale a quantidade de trabalho investida na sua produção, para que o patrão, que não trabalha diretamente na produção, tenha lucro, ele precisa pagar aos funcionários, um valor menor do que o trabalho que eles exerceram na produção da mercadoria. Dessa forma, os patrões exploram o proletariado.

Porém Marx estava errado em vários pontos, desde o diagnóstico do problema, até a sua solução. A Teoria do Valor Trabalho foi refutada pela teoria da Utilidade Marginaldesenvolvida simultaneamente por três economistas: Stanley Jevons na Inglaterra, Leon Walras na França e Carl Menger na Áustria. Os três, ao mesmo tempo, em países diferentes e praticamente sem entrar em contato um com o outro, perceberam que o que confere valor a uma mercadoria não é o trabalho, mas a sua utilidade. 
Uma mercadoria que exigiu muito trabalho para ser produzida não terá nenhum valor se não for útil. Portanto, é a utilidade que as pessoas conferem às mercadorias que determina seu valor. Os custos de produção, entre eles o do trabalho, é que precisa se ajustar aos preços de mercado.

Especula-se que esta antítese esteja por trás da atitude de Marx de adiar a publicação dos volumes seguintes da sua obra máxima, O Capital, que só foram publicados após sua morte.

Outros economistas posteriores como Ludwig von Mises e Friedrich A. Hayek dariam mais detalhes sobre a inviabilidade do socialismo, explicando que dessa forma, a única maneira de medir a utilidade de um produto é através do mecanismo de oferta e demanda do livre mercado. Mises explicou que sem mercado, não existe preço e que sem preços, não existe cálculo econômico. Isso deu origem ao famoso debate sobre o cálculo econômico no socialismo, que depois foi respondido por outros teóricos marxistas.
Mas o que colocou um ponto final no debate, foi a argumentação de Hayek, prêmio Nobel de Economia de 1974, que no artigo, O Uso do Conhecimento na Sociedade, explicou que o planejamento central da economia exigiria que o estado concentre uma quantidade imensurável de informações, um volume tão grande que estado nenhum no mundo é capaz de reunir.
Mas não só de economia é feita a análise marxista. A pretensão "científica" de Marx foi refutada por Karl Popper, um dos maiores teóricos da ciência de todos os tempos em seu brilhante livro A Sociedade Aberta e Seus Inimigos.



3. O fim não está próximo



Com base na sua ideia de Mais Valia e de exploração do proletariado, Marx previu que a situação dos trabalhadores iria se deteriorar cada vez mais. As contradições típicas do capitalismo deveriam se intensificar, gerando ciclos econômicos e crises frequentes, com cada nova crise sendo pior que a anterior, até que chegaria o momento em que o capitalismo entraria em total colapso, os trabalhadores então iriam se revoltar, fariam uma revolução e implantariam o socialismo.

Só que nada disso aconteceu. Na verdade aconteceu exatamente o contrário.

Diferente do que Marx e os historiadores de viés marxista defenderam, desde a revolução industrial, o bem estar das massas trabalhadoras só tem aumentado, como demonstrou o historiador australiano Ronald Max Hartwell.

O capitalismo é marcado por crises constantes sim, mas ele sai mais forte de cada uma delas. A Grande Depressão foi com certeza a maior de todas as crises do capitalismo, mas isso já foi há mais de 80 anos, desde então, o capitalismo jamais passou por outra crise semelhante e é inegável que, de lá pra cá, a qualidade de vida e a economia prosperaram enormemente.

E o fenômeno se estende até tempos mais recentes. Entre 1998 e 2008, dois anos antes da meta estabelecida pela ONU, a extrema pobreza no mundo caiu pela metade e em 2015 ela caiu para menos de 10% da população mundial pela primeira vez na história da humanidade. E isso em plena crise mundial. Enquanto a esquerda tenta pintar um cenário apocalíptico, a mortalidade infantil também caiu pela metade nos últimos 25 anos. Definitivamente, o mundo nunca esteve melhor. Esqueça também os noticiários pessimistas, segundo o psicólogo canadense Steven Pinker, o mundo nunca foi tão pacífico, e o livre comércio entre os países é um dos grandes responsáveis pelas relações mais amistosas.
Mas o que teria causado esse enorme progresso social e humano? O que aconteceu de especial no mundo nas últimas décadas? Basicamente duas coisas: O fim do comunismo e ascensão do chamado "neoliberalismo", sobre o qual falaremos mais adiante.



4. A maioria dos países mais pobres do mundo tiveram regimes de inspiração socialista por longos anos



Você já deve ter ouvido falar que a culpa pela fome e pela miséria no mundo é do capitalismo.
Mas o que seu professor esquerdista não te contou é que o socialismo já foi e continua sendo, uma força extremamente influente em todo o mundo. Só o velho comunismo marxista-leninista, chegou a governar a vida de cerca de um terço da humanidade, isso sem contar os inúmeros governos e regimes de inspiração socialista.

Muitos países que você imagina serem vitimas do capitalismo já tiveram regimes de inspiração socialista. Só no continente africano, por exemplo: Angola, Moçambique, Benim, República do CongoEtiópia, Guiné-Bissau, Zimbábue e Somália tiveram suas economias destruídas por regimes comunistas que duraram vários anos e quase todos continuaram tendo economias bastante controladas pelo estado mesmo depois disso.

Seu professor esquerdista também deve ter falado pouco sobre regimes de inspiração socialista no Iêmen, sobre o Partido Baath no Iraque e na Síria, sobre os vários governos socialistas que começaram na Bolívia ainda em meados do século XX ou que países que fizeram parte da União Soviética e que mantiveram um modelo parecido, mesmo com o fim do comunismo, como é o caso do Uzbequistão, tem a maior parte da sua população na miséria.

Também não deve ter falado que a Índia, país que concentra a maior parte dos miseráveis do mundo, por quase 40 anos, teve uma sucessão de governos inspirados no socialismo fabiano e na economia soviética. Durante todo este período o país esteve completamente estagnado e só começou a crescer nos anos 90, justamente depois que o governo promoveu amplas reformas liberais, que apesar de tímidas, já conseguiram reduzir drasticamente a miséria no pais.


5. Os países mais liberais estão entre os mais desenvolvidos ou entre os que mais rápido se desenvolvem



Outra coisa que seu professor esquerdista não deve ter te contado, é que todos os países com IDH considerado "muito alto" são, de uma forma ou de outra, capitalistas.
O Banco Mundial, realiza anualmente um ranking com os países mais favoráveis aos negócios, ou seja, aqueles com menos burocracia, com legislação mais enxuta e eficiente, com mais proteção a propriedade privada e com mais segurança jurídica. Nota-se uma evidente correlação entre os países que oferecem um ambiente melhor para os negócios e o nível de desenvolvimento de cada país.
A Câmara Internacional do Comércio publica outro ranking, com os países mais abertos ao livre comércio exterior. Também é possível notar a correlação entre livre comércio e desenvolvimento.
E por fim, há o Índice de Liberdade Econômica, feito pelo Cato Institute, que simplesmente classifica os países mais e menos economicamente liberais. O estudo anual, embora seja acusado de ter um viés ideológico quase que assumido, apresenta uma metodologia muito honesta e bem elaborada.

Aposto, por exemplo, que seu professor esquerdista jamais te contou que a Alemanha saiu dos destroços da II Guerra Mundial seguindo uma doutrina econômica chamada "ordoliberalismo". Ou que a Itália também se reergueu da II Guerra, até ultrapassar a economia britânica em tamanho, graças às reformas liberais de Luigi Einaudi.
E você sabia também que a Suíça, um dos melhores países para se viver no mundo, não tem um sistema de saúde universal como o SUS, não tem salário mínimo e tem uma carga tributária menor que a do Brasil?

E o que dizer de Hong Kong, considerado por muitos, o país mais liberal do mundo? Até meados da década de 50, Hong Kong era um típico país pobre de terceiro mundo, mas hoje está na 12ª posição no ranking de Qualidade de Vida. Hong Kong também é um dos paises com melhor sistema de educação (sistema que conta com ampla participação do setor privado inclusive), é um dos menos violentos do mundo e tem uma das mais elevadas expectativas de vida do mundo.
Claro, existem países relativamente liberais e que não são desenvolvidos, ainda, mas que estão no rumo certo. Um bom exemplo é o Peru, que depois de vários anos de governos liberais na economia, como os dos ex-presidentes Fujimori e Alejandro Toledo, agora é uma das economias que mais crescem na América do Sul. Também é um dos que vem reduzindo a pobreza em tempo recorde - Passaram de 54% da população vivendo na extrema pobreza em 2001 para 23% em 2012.

Mas enfim, os cases de sucesso do liberalismo econômico são muitos, daria pra escrever artigos e mais artigos só com exemplos desse tipo. Mas se esse presente artigo conseguiu te tirar da matrix e despertar alguma curiosidade em você, já me dou por satisfeito.


6. Distribuição de Renda pode não servir pra nada


Os socialistas dão a entender, através de seu discurso, que a desigualdade é o grande mal do mundo. Para descreditar as políticas liberais, apontam para um "aumento da desigualdade" como se isso fosse sempre um mal e como se igualdade fosse sempre um bem.

São incapazes de perceber que desigualdade não significa pobreza e que igualdade não significa riqueza. Um povo pode ter igualdade, mas serem todos iguais na pobreza. Da mesma forma, outro povo pode, apesar da desigualdade, garantir um nível de vida satisfatório para os mais pobres.

A prova disso é que a desigualdade medida pelo Coeficiente GINI, revela algumas coisas bem interessantes:

- A Etiópia é um dos países mais igualitários do mundo. É inclusive mais igualitária que a média dos países da União Européia. Outro que também está entre os mais igualitários é o Paquistão.
Mas onde é que existe mais pobreza? No Paquistão e na Etiópia ou na União Européia?

- O Timor Leste é mais igualitário que Espanha, Canadá e França

- O Bangladesh, outro país que concentra massas de miseráveis é mais igualitário que Irlanda e Nova Zelândia.

- A Índia é mais igualitária que o Japão.

- O Malawi é mais igualitário que o Reino Unido.


E a lista segue adiante. Os exemplos são inúmeros mas todos eles levam a uma conclusão inequívoca: Igualdade não serve pra porcaria nenhuma.

632 comentários:

  1. Muito inteligente o texto.















    Postando como anonimo pois é um saco, ficar se cadastrando, digitando os formularios gigantescos e se logando, obrigado por permitir essa opção.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bibliografia extremamente pobre, descontextualizada e da a entender que quem a escreveu nunca leu de fato todos os livros do Capital, pois faz uma analise rasa e superficial. Primeiro que conceitualmente comparado com o que Marx escreveu não se pode alegar que o que se viu até hoje era comunismo, segundo que em Marx Comunismo é uma coisa e Socialismo é outra, e que diversos conceitos tratados como esquerdistas no testo, são nada mais que bandeiras de revoluções burguesas. Se os EUA é tão bom então me explique os mendigos que morrem de frio no inverno? E os "teóricos"liberais que você cita? não são os principais teóricos que tiveram influencia nos escritos de Marx. Porque não citou que Cuba tem menor índice de analfabetos que os EUA? Enfim, até bibliografia de Wikipedia a pessoa teve coragem de usar, lamentável.
      Um liberal com nível teórico da pra respeitar, mas um liberal que propaga censo comum como se fosse conceito, ciência... chega a beirar o ridículo.

      Excluir
    2. Pois é, e um esquerdista escrever ''censo'' é algo bem comum. Típico da raça de vocês, bolsistas e cotistas.

      Excluir
    3. Olá Fabrício, achei que o autor do texto exagerou em muitos aspectos, contudo seus argumentos para defender seu ponto de vista são ainda mais ridículos. Cuba pode ter um índice de analfabetismo menor do que os EUA, mas é um país sem tecnologia e fracassado. Não é por acaso que as pessoas fogem de lá em botes de forma clandestina. Comparar EUA com Cuba beira ao absurdo, pois os EUA são uma potência mundial e Cuba é um país que nos últimos 40 anos ficou estagnado. Cuba não é um bom exemplo a ser seguido por nenhum país.

      Excluir
    4. se o socialismo é bom e o capitalismo é ruim, porque não vemos americanos fugindo para Cuba?

      quer saber o por quê? http://www1.folha.uol.com.br/ilustrissima/867590-cubano-por-30-dias.shtml

      Cuba antes de Fidel: http://www.youtube.com/watch?v=AmJHhWJU5Go

      Cuba Hoje: http://www.youtube.com/watch?v=Pr0WJV8EnIc

      tem uma cidade bem limpa, com prédios super conservados ... com seus carros super modernos... de 1950 (os mesmos do outro video) ... que todo mundo é igual...mente pobre...

      Excluir
    5. Vamos começar socializando a sua casa, seu comunista safado! Quanto você está ganhando dos PTralhas pra ficar fazendo militância virtual. Não dá pra entender que a busca desse ideal comunista matou milhões de pessoas? E que esse ideal nunca será alcançado? Seu mau caráter, aposta que mama nas tetas do estado com algum emprego público. Ninguém aguenta mais esse mimimimi desses esquerdopatas. Isso é doença, vai se tratar!

      Excluir
    6. Alguém tem que avisar para estes Marxistas Burros, que os EUA ou qualquer outro país Capitalista do mundo não são paraisos na terra, existem problemas SIM! quem acredita em paraiso são estes Cubófilos que acreditam nas mentiras comunistas e socialistas, a diferença é que no Capitalismo mesmo com diferenças sociais o padrão de vida vem melhorando com o tempo e no comunismo o padrão de vida só decai nos estados que experimentaram esta loucura baseada no Marxismo, a história prova bem isto.

      Excluir
    7. Quando li o cara ter escrito "testo" na resposta já parei por ali...

      Excluir
    8. Fabrício deve ter 21 anos, ganha uma boa mesada e frequenta faculdade particular onde fuma maconha ao invés de estudar. Provavelmente não fez vestibular, pois não sabe escrever. Mas o melhor pra mim foi "revoluções burguesas". Sensacional a argumentação sobre os mendigos.
      Menino, vai estudar!

      Excluir
    9. Fabrício, por que que você e os demais "canhotos" (que nem escrever sabem) não vão embora pra cuba? Você diz que lá é tão bom. Vai embora pra coréia do norte, pro uzbequistão, ou pra qualquer outro país de cunho esquerdopata. Dá sossego suas bestas.

      Excluir
    10. Pra esses esquerdistas, disfarçados de democratas, o que vale é a opressão do povo, defendem Cuba com unhas e dentes, um pais altamente liberal, economia moderna, povo loivre, e o Brasil um pais que teve ditadura .....que alias faz mais de 30 anos que os militares deixaram o governo e eles fizeram o q pela evolução do nosso povo, toda vez vem com a mesma historinha, cambada de calhordas, safados, assassinos, assaltantes........e o povo os colocou no poder...........

      Excluir
    11. FABRÍCIO. É BOM COMEÇAR A LER O LIVRO NEGRO DO COMUNISMO, ESCRITO POR DIFERENTES PESQUISADORES EUROPEUS, DE ONDE ESTES TRECHOS FORAM EXTRAÍDOS, COMPROVADO POR FATOS, LARGAMENTE OBSERVADOS E RELATADOS. AGORA QUESTIONO: LER O CAPITAL PARA QUE? TEORIA REFUTADA, POR TER SIDO COLOCADA EM PRÁTICA POR MAIS DE 1 SÉCULO, TENDO SUAS PREMISSAS INVALIDADAS POR SEREM INVIÁVEIS. PORTANTO, SUCUMBIU ANTE AO PÓ DA HISTÓRIA. CITE UM SÓ PAÍS EM QUE O COMUNISMO FOI COLOCADO EM PRÁTICA E ELE DEU CERTO. CIENTISTAS SOCIAIS SÉRIOS E ECONOMISTAS TÊM OBRIGAÇÃO MORAL DE REVOGAR ESSE LIXO.

      Excluir
    12. Paulo - Robozão, você é cientista social ou só tá falando merda da boca pra fora?

      Excluir
    13. Sempre tem quem comece (e dê um destaque desnecessariamente luminoso) a análise por um "testo" ou censo", que pelo visto, são novas maneiras de definir posição/argumentação política. Aos destros, irretocáveis ortograficamente, comecem a divulgar esse novo pré-requisito para os que pensam em aderir à direita.

      Excluir
    14. os que gritam (de quepe na cabeça, provavelmente) as seguintes pérolas: petralhas, esquerdopatas, calhordas, safados, assassinos, assaltantes, marxistas burros, maus-caracteres, comunistas safados - vocês são extremistas como qualquer outro grupo extremista. E nem é preciso dizer, pois todos bem sabem que qualquer tipo de extremismo é, no mínimo, burro...

      Excluir
    15. os bitolados falando de bitolagem

      Excluir
    16. Esquerdista ignorante. Censo, testo. Tá serto cumpanheiro. Vá pra Cuba se afalbetizar. Depois volte e redija um texto sobre comunismo/socialismo.

      Excluir
    17. Tá, me deixe entender... o esquerdista, cuja visão de mundo resume-se a Marx, Marx, Marx, Marx e, não menos importante, Marx, acha que essas fontes aí são uma "bibliografia pobre"? Bem, primeiro, não foram citados livros, então não é uma bibliografia e sim um índice de refências. Segundo, acho que alguém que considera essas referências pobres deve ser alguém que lê bastante sobre o assunto, e eu custo a acreditar que alguém que lê muito escreveria, por exemplo, "testo" ao invés de "texto". Terceiro, se essas fontes são pobres, então vamos lá, eu posso fornecer mais umas pobres fontes. Pobres, mas suficientes para reduzir os argumentos de Marx, o burguês que nunca precisou trabalhar, a pó.

      A Revolução dos Bichos, de George Orwell (pra começar de forma divertida e relaxada, mas não menos profunda)
      Ação Humana, de Ludwig von Mises
      O Cálculo Econômico Sob o Socialismo, de Ludwig von Mises
      O Caminho da Servidão, de Friedrich Hayek
      A Anatomia do Estado, de Murray N. Rothbard
      A Mentalidade Anticapitalista, de Ludwig von Mises
      Capitalismo e Liberdade, de Milton Friedman

      Quem quer que leia metade desses livros, se continuar sendo socialista, só pode ser intelectualmente deficiente ou desonesto mesmo.

      Excluir
    18. Vocês ainda perdem tempo discutindo com comunistas? Deixa esse b..osta falar.

      Excluir
    19. Que triste não poder dar LIKE no comentário PERFEITO de Carlos Mendes...

      Excluir
    20. Fabricio, sobre os mendigos, você realmente acha, que se no brasil der um frio de -40º como deu nos EUA, vai morrer pouca gente?

      Excluir
    21. Te(s)xto uhauhauhauhauah

      Excluir
    22. Tudo bem discordar dos argumentos do Fabrício, cada uma tem sua posição política e tem todo o direito de dizer o que pensa, ao contrário do que acontecia durante a ditadura militar.

      Mas por que tem gente que não sabe discordar sem ofender e agredir moralmente aquele que tem opinão contrária? De onde vem toda essa insegurança, esse medo? Já pensaram em consultar um psicólogo?

      Excluir
    23. Para ver o fracasso do comunismo fora daqui (heheheh), faz uma "vaquinha" com seus companheiros e vá à Praga. Lá, procure uma visita guiada por um ex Maestro da Orquestra Sinfônica de Praga (ele é bem conhecido) que ele contará o que fizeram com sua mulher e filha.
      Certamente o seu "ideal" cairá por terra em minutos e você irá rasgar aquela camisetinha fudida do Guevara que você usa todo o ano de eleição.

      Excluir
    24. Hong Kong é um país??

      Excluir
    25. Era uma província britânica até 1980,salvo engano. Mas para evitar conflitos com o governo chinês, que tinha interesse de longa data em anexar a região ao seu jugo, os britânicos a entregaram.

      Excluir
    26. Tem sempre um analfabeto comunista cuspindo lixo nos blogs tentando empurrar essa doutrina fracassada,acorda cretino o comunismo fracassou miseravelmente,só serve pra um bando de safados iludir o zé povinho e saquear o país,igual está acontecendo agora no Brasil,em países civilizados esse lixo não entra

      Excluir
    27. brasileiros falando mal de Cuba, sempre ouço gente falando que mudaria para os Estados Unidos e além do mais a maioria das pessoas que querem mudar de Cuba é pela falta de liberdade. Existe muito país capitalista na miséria, não acho que nem um modelo é melhor que outro. Sua má educação feita na escola que ensinou que uma coisa tem que ser certa ou errada, não é porque Cuba é socialista que todos os países seriam iguais a ela.

      Excluir
    28. Mais uma criança adestrada pelo MEC =)

      Excluir
    29. Yuri Matheus Oliveira Silva

      Capitalismo é um ''termo'' que se refere a varias teorias, além dele ter existido muito antes dessas teorias serem criadas, muitos antes da escrita ser inventada, então é óbvio que exista países capitalistas miseraveis... No entando, quantos países liberais estão na miséria? NENHUM, agora quantos países socialistas estão na miséria? TODOS... Até hoje, não existiu nenhum país socialista que tenha proporcionado uma condição de vida igual ao de um país capitalista liberal... Logo é óbvio que existe uma teoria superior a outra, não precisa pensar muito para chegar a essa conclusão...

      Cuba é o melhor país entre os países socialistas, mais ainda assim é uma droga se comparado aos países ''liberais'', mesmo com a frequente falsificação absurda dos indices feito pela esquerda...

      Excluir
    30. "testo", que piada... nada como um esquerdopata para fazer a gente dar risada...

      Excluir
    31. Tivemos duas Guerras Mundiais,todas Capilistas,quantos morreram?Quem livrou o mundo das mãos de Hitler,uma Luz à sua mente:Josef Stalin, quantas pessoas já morreram em guerras promovidas ou apoiadas por EUA,França e Inglaterra?os três Capilistas.Quantas já morreram na África?não vai me dizer que lá é Comunista,e no Oriente Médio?não vai me falar que lá é Comunista.IDH dos Países Comunista ou Socialistas, você vai me dizer que são Baixos?Você acha a América Latina Pobre ou Rica em relação a Europa e ela não é Capitalista??e a América Latina está tendo um alto crecimento, os Líderes atuais são com idéias Socialistas ou Capitalistas?Os EUA atravessam uma grande Crise há muitos Anos com mais de cinquenta Milhões abaixo da linha da pobreza,Brasil é o terceiro maior Credor, quem é o maior Credor dos EUA, e este País rege qual Sistema?Chega Porco Capitalista Alienado!

      Excluir
    32. Caro Fabrício, seu professor esquerdista poderia ter ensinado a você que 'censo" quem faz é o IBGE. Vc deveria escrever "senso" indicando um sentido comum. De resto você tem o direito de se manifestar, porém seria melhor se o fizesse em um "texto" e não em um "texto". Mas não fico triste com isso. Da esquerda não se pode esperar muito mesmo. Desejo melhoras ao amigo.

      Excluir
    33. Carlos Mendes, o Orwell era socialista assumido (tem até cartas traduzidas na internet, pode procurar), ele era contra o socialismo STALINISTA. É, parece que você já começou mal. Depois disso, ainda fica mais engraçado, citando o Mises kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Vou me retirar depois de ter dito isso, porque parece que quem lê Mises, nunca leu Marx, logo acredita automaticamente nas interpretações "acertadas" dele quanto à obra do escritor do Manifesto Comunista. Abraços

      Excluir
    34. Não existe ainda um sistema que funcione melhor que o capitalismo. O comunismo já morreu e os comunistas esqueceram de cair. Me divirto lendo algumas opiniões de "militantes" de esquerda defendendo uma sociedade utópica sustentada pelo estado. Esse mesmo curica está com um PC ou Notebook de uma multinacional, usando um tênis de marca mundial e mandando "WhatsUp" ou usando Facebook no smartphone coreano ou americano. E louco para comprar um carro alemão. Passou da hora de extirparmos o PT.

      Excluir
    35. “As classes e raças fracas demais para dominar as novas condições de vida devem se entregar”. “Elas devem perecer no holocausto revolucionário” (MARX apud ŠNORE, 2008). Adolf Hitler apenas o seguiu, inclusive o exército vermelho lutou ao lado do nazista. A diferença é que o nazismo matou 6 milhões de judeus e o comunismo, 100 milhões de soviéticos, quase extinguindo os croatas.
      Friederich Engels, Neue Rheinische Zeitung - 1849 escreveu: quando a revolução socialista acontecesse, e a luta de classes ocorresse, haveria sociedades primitivas na Europa, “dois estágios atrasadas”, porque sequer eram capitalistas, e as chamava de “lixo racial”, ou “povo descartável” dependendo da tradução de “völkerabfälle”.
      Como poderia concordar com isso? Posso concluir que quem é a favor do comunismo jamais estudou Marx e Engels, não gosta da competitividade porque é medíocre e chama os outros de burgueses quando, na verdade, não tem competência para se destacar, optando por um curso medíocre na faculdade, com um discurso "revolucionário" manjado. O mais engraçado é que, em sua maioria, são facilmente corrompíveis.

      Excluir
    36. Perfeito e de conteudo o TEXTO ,o Sr Fabricio ironiza sobre os pobres que morrem de frio nos EEUU,realmente é bem triste que acontecam coisas assim.... mas se perguntar a um indiano, um etiope um africano, um cubano e outros tantos que vivem em "economias socializadas" se preferem o seu pais ou correr o risco de ser um mendigo nos EEUU, tenho absoluta certeza que preferirão arriscar e irem para EEUU. Mas o que interessa , sempre haverá quem não enxerga a realidade e vive a fantasia louca e sem exito de um MARX.

      Excluir
    37. PAREM DE RECLAMAR COM O CARA SEUS MEDÍOCRES, E PAGUEM UMA PASSAGEM PARA ELE IR MORAR NA COREIA DO NORTE, PASSAGEM ESSA SÓ DE IDA!! EU COLABORO E VCS??

      Excluir
    38. Diria que a essência do homem é a vida, respirar, nu, sem qualquer distinção, a máquina da evolução, põe em risco a naturalidade do ser homem, é incomparável mesmo Cuba e EUA, cuba tem a menor mortalidade infantil do mundo (será que é pela miserabilidade da falta de progresso tecnológico), e citar países como Bangladesh entre outras colônias do países capitalistas que avassalaram essas economias, parte da falta de moralidade e a covardia capitalista que disfarça seu poder com ajudas humanitárias puramente por interesses.
      Desigualdade social é a prova chave para o sucesso capitalista, poucos tem muito, e muitos tem pouco. A covardia do poder capitalista dá a quem não tem fome e tira de quem agoniza sem ter o que comer!

      Excluir
  2. Devemos lutar por igualdade de oportunidades e por socialização do CAPITAL através de distribuição DE RENDA e subsídios para agricultura familiar que produz para o básico da alimentação

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O que você precisa entender, meu caro, é que o capital não deveria ser propriedade do governo. Então, não tem que rolar papo de "socialização do capital".

      Acho que quem quer que o capital seja socializado, deveria socializar o seu próprio.

      Excluir
    2. As oportunidades são iguais nos países livres, basta ver os meninos pobres que chegam no topo nos EUA, isso não acontece em países socialistas que os donos do estado não deixam.

      Excluir
    3. Muito bom o texto mas também tuas respostas, Anônimo. Se aceitares pode me adicionar, gosto de amigos inteligentes e que tem algo mais em argumentos para acrescentar e apoiar nosso movimento anti-comunista.

      Excluir
    4. E que tal começarmos socializando o que você tem? Socialismo nos olhos dos outros é refresco! Comuna Safado!

      Excluir
    5. Esse papo de comunismo e socialismo me irrita profundamente, o fato é que em nenhum país do mundo, até os dias atuais nenhum governo desses se deu bem, muito pelo contrário, a história ta ai para provar! Nosso País precisa de controle da inflação que está absurdamente descontrolada, de Leis que funcionem, de punição para os crimes e corrupção de forma exemplar e efetiva, de valorização do professor, do médico, do policial e de políticas sociais voltadas a promover as oportunidades para uma vida com mais qualidade, cidadania e educação para o povo de forma geral, com os políticos trabalhando para o povo e seus interesses não para os próprios, trabalhando de verdade! E por fim para se desenvolver de vez, esta nação precisa abolir o autoritarismo que ainda existe, com relação ao voto ser obrigatório por exemplo(herança desde os tempos da colonização) e esse negócio de esquerda e direita, o país precisa se posicionar por uma causa mais nobre e objetiva que é melhorar e avançar, dá pra fazer é só parar com essa briguinha boba, birra de pobre contra ricos e vice e versa. Tô cheia disso, quero andar nas ruas sem medo, quero um país de oportunidades e com um povo mais culto e educado, só isso!

      Excluir
    6. Políticas sociais são muito ineficazes. O certo é desregulamentar o mercado que hoje vive em simbiose total com o governo e promover a desburocratização o Brasil está em centésimo lugar no ranking de liberdade econômica. Se nós desincharmos o estado acabando com todas essas dificuldades de se empreender o livre mercado fará como em todos os lugares que foi liberado (sem intervencionismo) acabar com a pobreza e bem rapidamente (vide os países que passaram por reformas liberais e que antes a população estava na miséria).

      Excluir
    7. Tenho que rir. A distribuição de renda através de bolsas "temporárias" como temos feito favoreceu só uma coisa muito: A CONCENTRAÇÃO DO CAPITAL. É só raciocinar, no Brasil, quanto mais se distribui, mais chega as mãos dos poucos fornecedores que temos, este é o X da questão, não existe competição, existem cartéis maiores ou menores, dominando todos os segmentos da sociedade. Diversificação estímulo a competição e livre mercado, é isso que falta no nosso país. Vide discurso "comprado" pelas bolsas e pela variação do minha casa minha vida da presidente do grupo Magazine Luiza. Sabe, as vezes fico pensando: Será que realmente vale a pena gastar o nosso latim com este pessoal que precisa se auto afirmar a respeito de sua pseudo fé na esquerda? Defendem o que eles mesmos não conseguem mais engolir, mas como uma religião, como algo a ser adorado, não conseguem ser humildes e voltar atrás.

      Excluir
    8. Todos...

      Todos os sistemas políticos e RELIGIOSOS em voga,dependem do princípio do altruísmo...

      o princípio do sacrifício forçado ou reprimido das vítimas,para os demais.

      O altruísmo (como misticismo bíblico)apoia o sacrifício,como bom em si mesmo,não obstante os meios (p.ex.,a força,a coerção,a fraude,a culpa,o engano,o carisma),não obstante os recebedores (p.ex.,os ditadores,os presidentes,os papas,os teólogos,os bem estar dos clientes) e ainda não obstante às vitimas (p.ex.,os mortos na guerra,os contribuintes,os negociantes,os fiéis.

      Todos, que na verdade se deixam enganar pela mentira e pela vaidade da própria ignorância e pela preguiça mental,do não uso do hábito salutar de pensar.

      Mas de todos os sistemas POLÍTICOS, de governo existentes,o menos malévolo é o SISTEMA DEMOCRÁTICO.
      O controle governamental sempre significa o controle dos individuos pela força.
      O comunismo,o fascismo,o socialismo,são sistemas políticos, que sobrevivem apenas, pela força,logro e opressão,dos individuos,pois sacrificam o individuo,pelo "bem" do coletivismo. São esses tres últimos os maiores repressores do planeta.

      Excluir
    9. De volta ao feudalismo.

      Excluir
    10. O comunismo é muito legal!!! Socializa a morte, a morte por fome o fuzilamento e outras atrocidades com aqueles que discordaram do regime. As vitimas dissidentes são apenas números (aproximadamente 100 milhões de mortos) que devem ser sacrificadas para o bem da sociedade comunista e anticapitalista.

      Excluir
  3. Respostas
    1. Mostre as confiáveis refutando-as então, ó, ser iluminado.

      Excluir
    2. "Fontes nada confiáveis." > Que argumento fantástico, realmente devastador.

      Excluir
    3. São fontes acessíveis para você, os dados são verdadeiros.

      Excluir
    4. Se isso não é confiável, devo acreditar no site do governo da Coréia do Norte? =) então vai lá xamps viver na Coréia do Norte é um ótimo exemplo de comunismo de extrema esquerda.

      Excluir
    5. Que grande cientista político que cita fonte como wikipédia... Já tinha visto que esse artigo era mais uma completa besteira. 100 milhões de mortos? Ok. Some-se as guerras hoje provocadas por guerras que só queriam roubar matérias-primas como petróleo, terras e outras no séc. XX. E ainda mais grande alusão pensar que Marx era um "profeta", mas sim ele foi um pesquisador. Agora os citados nos textos, esses sim se passam por falsos profetas e criaturas que não pensam em nada além do bem de dominadores supra-capitalistas. Que site ridículo. Caindo fora para não vomitar mais.

      Excluir
    6. As guerras que só queriam roubar matérias-primas não são parte integrante do capitalismo e sim políticas estatais. No caso do comunismo o modo como ele se dá só pode gerar pobreza pois é insustentável. (não estou falando do comunismo que Karl Marx falava já que esse é utópico mais sim da ditadura que sempre ele inerentemente se torna). Desde que o mercado se globalizou as guerras só diminuíram pois quanto mais as econômicas se tornam entrelaçadas mais pacífica a política se torna. Os economistas citados foram grande pensadores diferentemente do Marx que só formulou teorias que ferraram com o progresso mundial vide "Mais Valia". Economia não é um jogo de soma zero! Dominadores supra-capitalistas é balela.

      Excluir
    7. Hahahaha o VMZ quebrou as pernas do comuna ressentido hihihihi!!

      Excluir
    8. minhas fontes são o Neo-Tech e achei tudo o que foi publicado,no texto,REALIDADE.

      Excluir
    9. Ok, amiguinho. Se essas fontes são pouco confiáveis de acordo com seus vastos conhecimentos de Economia e Ciência Política, então vamos lá, eu posso fornecer mais algumas, suficientes para reduzir os argumentos de Marx, o burguês que nunca precisou trabalhar, a pó.

      A Revolução dos Bichos, de George Orwell (pra começar de forma divertida e relaxada, mas não menos profunda)
      Ação Humana, de Ludwig von Mises
      O Cálculo Econômico Sob o Socialismo, de Ludwig von Mises
      O Caminho da Servidão, de Friedrich Hayek
      A Anatomia do Estado, de Murray N. Rothbard
      A Mentalidade Anticapitalista, de Ludwig von Mises
      Capitalismo e Liberdade, de Milton Friedman

      Quem quer que leia metade desses livros, se continuar sendo socialista, só pode ser intelectualmente deficiente ou desonesto mesmo.

      Excluir
    10. É, confiável deve ser o conteúdo do site do Governo Federal e suas pomposas arrulhadas de pombo desastrado. Sendo arquiteto, cátedra baseada essencialmente na questão social, quando não técnica, fui obrigado a ler na faculdade tudo o que se pode imaginar sobre o socialismo e o comunismo, além de ouvir intermináveis opiniões de professores que lá estavam, numa faculdade particular, recebendo seu salário generoso dos capitalistas filhinhos de papai. E o que mais me impressionava era, no início dos anos 80, a quantidade de filhinhos de papai coléguas de turma que achavam essas teorias lindas, e o início das Diretas Já uma luz no fim do túnel. Eu não tinha tempo pra ficar ruminando asneiras, tinha que trabalhar para pagar meus estudos. Escutava as ideias de Marx sem desdenhá-las, pois meu pai me ensinara a respeitar a opinião alheia. Pena, percebo que o mesmo não acontece com a grande maioria das pessoas, sejam elas de direita ou de esquerda, capitalistas ou socialistas, democratas ou liberais. Infelizmente (e isso falo intuitivamente, não sou cientista político tampouco sociólogo pra fazer tal afirmação) acho que o respeito ao pensamento do seu semelhante só existirá através da força, já que a abertura política e as liberdades filosóficas e de expressão que nos davam sorrisinhos amarelos ao final da ditadura visivelmente fracassou e criou uma geração de gente mimada que se joga no chão pra espernear quando são contrariadas. Não têm capacidade intelectual de buscar o conhecimento e a verdade, muito menos vontade de fazer algo que não seja buscar o maior conforto com o mínimo esforço. Para isso basta ingressar na carreira política.

      Excluir
    11. Nuss... o Amauri acabou de me dar uma lição de como conversar. Tava aqui lendo sobre política e sem querer tomo uma lição de educação Obrigado por compartilhar um pedacinho da sua história. Tou aqui refletindo sobre como expor minha opinião de um jeito melhor.

      Excluir
    12. Dizer que Wikipédia é pouco confiável é engraçado por parte de um socialista/esquerdista/etc... Afinal, Wikipédia é a mais socialista das fontes, cujos dados podem ser alterados/ajustados por qualquer pessoa. Incluindo esquerdistas.

      Excluir
    13. Realmente a Wikipedia não pode ser considerada uma fonte segura de informação pois o seu conteúdo pode ser facilmente editado, porem todas as informações usadas podem ser facilmente verificadas, basta um dispositivo que rode um web browser, um acesso a internet e o mínimo de boa vontade para ver mais do que o ponto de vista que lhe convém, sendo que muitas vezes a própria Wikipedia já fornece links externos onde suas informações podem ser verificadas. Mas se tem preguiça de procurar imagina de aprender.

      Excluir
  4. sobre o fato número 6, ele é realmente MUITO tosco.. porque não lembra que países como o EUA, Alemanha e Inglaterra, durante seus processos de industrialização, tinham fortes intervenções nos mercados - ainda que os competidores fossem produções artesanais como os tecidos da Índia, etc. Na Alemanha, os cartéis tinham validade legal e o protecionismo, assim como nos EUA e Inglaterra, era bem forte. É fácil se desenvolver protegido por intervenção e, depois que já tiver boa tecnologia e os melhores produtos, defender o livre mercado para os demais países não bloquearem os "seus" produtos, que ganham em competição de qualidade ou tecnologia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quando países como Alemanha e outros da Europa eram protecionistas (o Reino Unido nunca foi) estes países eram pobres e subdesenvolvidos. A prova disso é que milhões de pessoas fugiram destes países para o Brasil. Prova que na época a qualidade de vida e as oportunidades pra quem vivia na Alemanha, Itália, Japão, etc. não era muito diferente da que existia no Brasil.

      O protecionismo era parte da mentalidade mercantilista e imperialista que tanto mal fez ao mundo. O protecionismo destes países é o responsável pela maior parte de pobreza e opressão que existe no mundo hoje.

      O ápice do protecionismo foram as I e a II Guerras Mundiais.
      Desde então o protecionismo caiu em desuso, estes países se tornaram de fato desenvolvidos e nunca mais houve guerra mundial.

      Excluir
    2. Não podemos esquecer quer até bem pouco tempo, o Brasil usava dessa mesma política protecionista. Não podíamos importar nada! tudo tinha que ser feito aqui! E, nesse período, não desenvolvemos tecnologia nossa, porcaria nenhuma!
      O governo apenas ajudou a encher as burras de um monte de gente, que ainda hoje mama nas tetas da pátria mãe gentil.
      Apenas com a liberação de nosso mercado (sim, o Collor foi defenestrado, mas fez alguma coisa boa para o país: "abriu os portos".) é que começamos a ter acesso a tecnologias e a produtos mais avançados.
      Só para lembrar esse importante fato de nossa história recente.

      Excluir
    3. MAs não podemos esquecer de forma alguma que durante a crise de 2008 o governo salvou o sistema financeiro injetando dinheiro nos bancos e também em grandes empresas tipo chrysler. Caso contrário, o sistema inteiro iria ruir. (ou seja, intervencionismo puro)
      O capitalismo financeiro está com os dias contatos.

      Excluir
    4. O Collor nem político algum fazem porra nenhuma, quem faz as coisas acontecerem é a sociedade, quem estuda, quem trabalha, quem produz, quem é capaz de fazer a diferença! Sofremos muito pois temos uma democracia muito recente!
      Aqui no Brasil não existe esquerda ou direita, nossos políticos servem aos grupos que os elegem!

      Excluir
    5. A crise de 2008 teve todas as impressões digitais do governo na cena do crime! O intervencionismo no sistema financeiro é o mais forte de todos. A crise foi causada porque o governo obrigou os bancos a darem dinheiro para quem ele não tinha comprovação de que seria capaz de pagar. http://www.mises.org.br/Article.aspx?id=1696

      Excluir
    6. Democracia é liberdade de escolha e no Brasil não há isso. Se você é obrigado a votar, onde está a democracia?

      Excluir
    7. De onde vcs tiraram que o governo obrigou os bancos a darem créditos sem comprovação? Os bancos deram pq quiseram e tiveram que pedir socorro para o governo, essa foi uma grande derrota de neo liberalismo, e isso é fato! e não se esqueçam que países com excelentes IDHs, já tiveram posturas esquerdistas, pois não se precisa ter um governo totalitário como os países da União Soviética para se ter condutas esquerdistas! A maioria dos sistemas de saúde dos países desenvolvidos, como Austrália, Canadá, Noruega, Suécia, dentre outros (tirando o dos EUA) é uma atitude de esquerda, pois a saúde lá é responsabilidade do estado!

      Excluir
    8. Posturas esquerdistas?! Nem esse imbecil que escreveu isso sabe do que se trata!

      Excluir
  5. Só as fontes baseadas na Wikipedia que não se deve dar confiança (todo universitário deve saber disso), mas o artigo está excelente!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Errado. Os artigos do wikipedia por sua vez precisam citar fontes.
      Se duvida de alguma informação, é só checar as fontes citadas no wikipeida.

      Excluir
  6. No Brasil um dos maiores problemas é que a juventude não tem cultura e é pobre em conhecimento. Facilmente dominada e enganada.
    Prato cheio aos comunistas de camisa Lacoste.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prato cheio, TAMBÉM, para liberais de camisa Lacoste.

      Excluir
    2. Ou melhor, prato cheio para qualquer mal intencionado, de qualquer ideologia !

      Excluir
  7. O pessoal reclama das fontes, mas as fontes que não são da wikipédia estão em inglês, se ele postasse fontes em inglês ia ter um bando de gente reclamando tbm

    ResponderExcluir
  8. Eu nunca vi tanta merda escrita no fato 3, 5 e 6. Meu amigo, para existir o rico tem que existir o pobre, para existir o bilionário tem que existir o miserável. Vcs falam que os países mais desenvolvidos do mundo são liberais mas esquecem que eles exploram a mão de obra escrava. Ou vc acha que os produtos que por lá circulam e mantem o capitalismo funcionando são feitos com mão de obra local? Não, eles são feitos com mão de obra escrava na China, Índia e em outros países em desenvolvimento. Países com alto índice de IDH são países exploradores de mão de obra e é com exploração de mão de obra que se faz a mais valia e o lucro dos patroes. Vc acha que o Lucro das grandes produtoras multinacionais seriam os mesmo se a produção fosse feita em território local? Já pensou a Nike e Adidas produzindo seus tênis e roupas na UE ou EUA e pagando para os trabalhadores o salario minimo desses locais? Isso ia dar uma merda do caralho pq o produto seria caro e ninguém compraria. Não estrou falando que o modelo econômico correto é o comunismo ou socialismo mas o capitalismo tbm não é.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As transnacionais só fizeram diferença após a segunda guerra. Os EUA e outros países eram ricos antes e continuaram sendo ricos depois.

      Excluir
    2. pequeno detalhe, e que as empresas nao escravizam ninguem. Em sua maior parte, compram de empresas terceirizadas, que escravizam seus funcionarios, beneficiadas pelos governos de seus paises, provavelmente de ideario socialista, como na china. Quer responsabilizar alguem pela escravidao do sujeito que fabrica um iphone? responsabilize a empresa terceirizada que fabrica, e o governo chines, que deixa isso acontecer

      Excluir
    3. "para existir o rico tem que existir o pobre"
      Errado. Economia não é um jogo de soma zero. Se assim fosse, não teríamos crescimento do PIB.

      "Não, eles são feitos com mão de obra escrava na China, Índia e em outros países em desenvolvimento"
      Errou novamente. Escravidão = regime do qual não se pode sair. Os trabalhadores desses locais podem, na grande maioria dos casos, sair do emprego e ir para outro. Então não é escravidão. Outro fato que você ignora é que esses trabalhos não existissem o que seria dessas pessoas? DESEMPREGADAS
      Sem contar que Índia e China não são países liberais e sim países com um Estado muito grande.

      "e é com exploração de mão de obra que se faz a mais valia e o lucro dos patroes. "
      Não leu o texto, amigo? A teoria da mais-valia já foi refuta há anos. Não é nem mais discutida em meios acadêmicos... Nem um keynesiano falaria tanta merda. Só marxistas fanáticos insistem em acreditar nisso

      "Vc acha que o Lucro das grandes produtoras multinacionais seriam os mesmo se a produção fosse feita em território local?"
      Ótimo!
      Produtos mais baratos para os consumidores locais e garantia de trabalho nesses países. E você provavelmente não leu o texto e deveria saber que os países onde a mão de obra é mais explorada são justamente os países com Estado gigantesco e inchado.

      Bem, você parece alguém com a mente aberta e disposta a aprender mais sobre o assunto. Recomendo que procure pelo documentário "A Globalização é Boa", no YouTube e você verá o outro lado da moeda. O apresentador foi até as fábricas da Nike e de outras empresas e mostrou de perto a vida de alguns funcionários. Muitos deles estão deixando a vida miserável no campo para ir para essas fábricas pois o pagamento é melhor. Também mostrou o caso de países que abriram a economia e se melhoraram seus IDHs e muitos outros índices.

      Bom filme. Também recomendo que você dê uma olhada no Canal que postou esse documentário (Portal Libertarianismo) e veja outros vídeos do canal.

      Excluir
    4. A afirmação de que "para existir o bilionário tem que existir o miserável" é de uma imbecilidade e de uma superficialidade sem tamanho. Ele considera que toda a riqueza já nasceu com o mundo e, desde então, só tem mudado de mãos.

      Bom, como não vale à pena reinventar a roda, ou seja, escrever de novo algo que já está escrito, eu sugiro uma lida neste artigo:

      http://www.mises.org.br/Article.aspx?id=1751

      Excluir
  9. Muiti fácil escrever sobre capitalismo mostrando só suas riquezas, como se lá não houvesse miséria.

    Muito fácil meter pau no socialismo quando não se está na ala mais pobre do seu país capitalista.

    Ficar comparando Paquistão e Etiópia com UE e USA... ahan, bem conveniente, mostra o quão parcial é o texto.

    "Igualdade não serve pra porcaria nenhuma..." faz tempo que não leio uma frase tão tosca.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara, vc é analfabeto ou tem retardo mental? Tudo isso que vc tentou usar como argumentação já está explicado no artigo. Vai estudar ou procura um médico.

      Excluir
    2. Vai você, playboyzinho de merda. Se acha culto lendo essa merda toda... acorda garoto.

      Excluir
    3. O texto disse q igualdade negativa nao adianta pra nada: todos serem igualmente pobres...

      Excluir
    4. Mais a "ala mais pobre do seu país capitalista" também tem seu ingresso nas classes mais altas por meio do capitalismo. Enquanto o socialismo simplesmente destrói/enfraquece as classes mais altas e nivela por baixo a todos. Se uma pessoa tem uma empresa e é bem rica só de impostos ela já ajuda d+. Pegar o dinheiro dessas pessoas e distribuir em vez de deixa-las criarem riquezas com ele é uma maneira ineficaz de combate a pobreza.

      Excluir
    5. Eu prefiro todos igualmente pobres do que uns milionários e outros miseráveis. Claro que quem está na "média" pra cima jamais concordará com isso. Só quem sente na pele a pobreza extrema ou não é egoísta o bastante tende a compreender isso.

      Excluir
    6. A situação: "todos igualmente pobres" só existe quando os indivíduos são obrigados a permanecer dessa forma, pois faz parte da natureza humana a busca pela melhoria.

      Excluir
    7. "Prefiro todos igualmente pobres" é o que o esquerdopata diz e ainda chama o outro de egoísta.... eu vim da pobreza e jamais iria querer que o governo tirasse tudo que conquistei com meu suor e empenho para socializar o capital, cabe ao governo que já suga impostos de todos, garantir que as pessoas tenham acesso ao básico em saúde, educação e moradia, não dando esmolas, não tirando de uns para dar aos outros, mas gerindo bem o dinheiro público, e dando oportunidade de empregos para todos! Porque vc não vai brigar com a Dilminha que está investindo em Cuba para que o pessoal de lá tenha emprego com as industrias brasileiras indo para lá por causa do baixo custo com a mão de obra? Enquanto ela quer que nossas empresas vá para Cuba pra gerar emprego por lá com baixo custo de mão de obra, os miseráveis brasileiros tem que se contentar com esmola de bolsa família ao invés desses empregos!!! Tá "Serto" em amigão!!!!! Todo mundo tem que ser pobre, mas o líder e sua trupe pode e deve viver de caviar e hotéis de luxo! Diz aí, fiquei curiosa, quanto vc doou pro Genuino?

      Excluir
  10. Marx, Jesus e Freud, os tres mais citados e MENOS lidos. Texto tendencioso, grotesco em alguns aspectos como ao falar da India e esquecendo a exploração inglesa. Esse é o mal da internet: trocam livros por sites de pesquisa. Fosse o texto mais inteligente até valeria discutir os erros sobre mais valia e Igualdade/desigualdade. Não vale nem a pena.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você tem toda razão, Hong Kong foi explorada pelos ingleses e está tão ruim quanto a Índia, está literalmente na merda. Nossa cara, como você é inteligente e instruído, virei seu fã.

      Excluir
    2. kkkkkkkkkkkkkkk... Humilhou o palhaço! Muito bom...

      Esses imbecis querem usar exemplos isolados e acham que todo mundo é ignorante como eles... Nem ele mesmo lembrou de Hong Kong antes de escrever...

      Excluir
  11. Capitalismo na economia, comunismo na educação!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Comunismo na educação? Você só pode estar de brincadeira ou louco!

      Excluir
    2. Concordo, educação e saúde devem ser responsabilidade do estado, pois essas são coisas onde não se deve visar lucros, caso contrario ficaria td igual a merda da saúde dos EUA, a melhor do mundo para quem pode pagar, mas retira um doente do hospital se ele não tiver condições financeiras de se manter nessa instituição!

      Excluir
  12. qualquer um que tenha lido só um pouco sobre esses assuntos (pelo menos um pouco além do que se viu na escola) e que, preferencialmente, não tenha caído nas armadilhas emocionais dos socialistas, têm pleno conhecimento de todos esses pontos... o grande problema pra mim é a ingenuidade coletiva da massa socialista... eles é que dão suporte a esse câncer chamado socialismo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não só ingenuidade mas também burrice.

      Excluir
    2. Um dos maiores problemas é que essa discussão é muito utópica! O ser humano é "capitalista". Para que uma política baseada no socialismo/comunismo, com distribuição igualitária de renda funcione é preciso que as pessoas deixem de ser ganaciosas, deixem de querer ser mais do que o outro. É uma doutrinação do indivíduo. Quem acredita que socialismo/comunismo pode funcionar é ingênuo de acreditar que as pessoas que estão no poder vão abrir mão de tudo e partilhar, também, da igualdade que quer implantar naquela comunidade.
      É muito bonito todo mundo comparando as grandes potências com os países em desenvolvimento que passaram anos se submetendo ao imperialismo capital - é injusto. Vamos relembrar a época em que Marx, Engels e tantos outros iniciaram essa discussão. A Europa acabava de passar por várias revoluções culturais e de se libertar de uma visão socialista imposta pela igreja, que todos nós conhecemos como Idade Média (ou Era das Trevas), onde reinava o feudalismo, a inexistente mobilidade social, a exploração social e econômica.
      Acredito que nenhum deles imaginava colocar em prática as discussões filosóficas que estavam fazendo na época.
      O capitalismo tem muitos problemas, sim, tem várias crises periódicas. O que fizemos foi nos adaptar e a tratar cada crise de forma mais tranquila e aprender com os erros.
      Um dia estaremos preparados para aceitar o comunismo e o modelo de economia igualitária? Só o tempo dirá.

      Excluir
  13. Seu texto é muito bom e só tem verdades, no entanto, seu "pecado" é usar o Wikipédia como fonte. Talvez, seja para deixar no mesmo nível dos defensores do comunismo, de qualquer forma, amigavelmente te aconselho usar pelo menos os livros de Stéphane Courtois, Timothy Snyder, Cleon Skousen que tem todas essas informações que você escreveu, isso sem falar de Rodrigo Constatino e etc. No mais, só tem verdades cite também os tigres asiáticos. Parabéns

    ResponderExcluir
  14. São igualitários na pobreza e não na riqueza

    ResponderExcluir
  15. Fica aqui minha sugestão, dar uma melhorada na paginação do Blog, textos com erros de grafia, concordância, além de estar desarrumados. Não fica bem, alguém que se propõe a uma crítica desse magnitude, apresentar o trabalho assim. Boa sorte.

    ResponderExcluir
  16. E os países escandinavos???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. http://www.mises.org.br/Article.aspx?id=632

      Excluir
  17. Concordo com o autor... pergunto aos socialistas e comunistas.... quero que publiquem um texto pró esquerda que fale em: preguiça...

    Uma palavra inexistente no dicionário comunista

    ResponderExcluir
  18. porcão, escrevi animado com seu post:

    http://www.pseudointelectual.com.br/2014/01/26/desigualdade-social-e-pobreza-1-dos-ricos-tem-65-vezes-o-que-os-50-mais-pobres-tem/

    ResponderExcluir
  19. Paulo Eduardo de Lacerda26 de janeiro de 2014 09:18

    O capitalismo não é intrinsecamente mau. Pessoas capitalistas frequentemente são, por ganância sem limites. Elas dão ao modelo a sua má fama, desde sempre. Agora, outra coisa: o anonimato para ofender é coisa de covardes.

    ResponderExcluir
  20. Essa é a geração capitalista: critica com base em Wikipedia e afronta sem o mínimo de reflexão crítica, apenas paixão odiosa vazia. Triste.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. http://www.hawaii.edu/powerkills/NOTE1.HTM

      Excluir
    2. Que engraçado, vejo o mesmo acontecer com os esquerdistas, na verdade mais com esquerdistas do que com direitistas. Deixando isso de lado nos elucide com sua sabedoria critica o texto.

      Excluir
  21. Fabrício, por que que você e os demais "canhotos" (que nem escrever sabem) não vão embora pra cuba? Você diz que lá é tão bom. Vai embora pra coréia do norte, pro uzbequistão, ou pra qualquer outro país de cunho esquerdopata. Dá sossego suas bestas.

    ResponderExcluir
  22. Fabricio, "TEXTO" é com "X", "SENSO" é com "S"...Vê lá rapaz, vc não sabe nem escrever, como pode se arvorar a discutir economia, Marx, etc. Quem não sabe escrever, está claro que é entre outras, porque não lê...Quem não lê....precisa completar? Quanto a Cuba, manda Fidel abrir os portos, liberar a emigração e em Cuba só ficarão ele e Raul e nem é o Raul Seixas, que pelo menos era irreverente, inteligente e bem humorado.......kkkkkkkkkk. Pessoal, esse fórum de debate que se oportuniza nestas postagens, é deveras interessante, útil, e seria mais, se algumas pessoas se informassem, refletissem e pensassem um pouco, apenas, antes de comentarem, pois reduziríamos a quantidade de asneiras que aqui são faladas....É uma questão de pudor para consigo próprio....Todos queremos uma vida e um país melhor, portanto nos somemos, ajudemos-nos, apuremos o nosso crítico e nos defenderemos melhor da manipulação....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meus parabens meu amigo, voce usou a sua "elevada intelectualidade". Erro de portugues nao significa erro de argumento e usar vocabulario rebuscado nao valoriza o seu burro comentario.

      Excluir
  23. Completando...Apuremos melhor o nosso "senso" crítico....

    ResponderExcluir
  24. Texto ridículo e comentários piores ainda.

    ResponderExcluir
  25. Nao sou a favor de Socialismo ou Capitalismo, mas qualquer um que saiba ler, e refletir sobre o que esta escrito, vai achar este texto pobre em argumentos. Bastar ver o item 6... é de uma ingenuidade e pobreza sem precedentes. Comparar a pobreza em larga escala de países subdesenvolvidos e dizer que isso é 'igualdade' é um absurdo. Só é válido como argumento pra quem defende cegamente esses 'argumentos' estúpidos...

    ResponderExcluir
  26. Se o mundo livre que muitos defendem for construído com base em termos como "porco", "safado", "imundo" e outros termos empregados por "comentaristas liberais", a contestação àquilo que julgam errado está tão ruim quanto aquilo com o que discordam. Há muito o que ser contestado em quaisquer "ismo", mas até agora nenhum demonstrou ser capaz de atender plenamente às demandas fundamentais da humanidade: alimentação, educação, saúde, transporte e liberdade. Tanto comunismo quanto capitalismo tendem ao aprisionamento das pessoas em suas teias. A diferença é que no comunismo o Estado o faz diretamente, enquanto no capitalismo este aprisionamento é dissimulado e praticado por agentes econômicos (com a conivência e a cooperação do Estado). No fundo, comunismo e capitalismo são faces opostas de uma mesma moeda, que é a moeda da exploração do homem pelo próprio homem. E, francamente, não vejo solução para isso: pela via comunista, há barreiras intransponíveis (políticas e econômicas) para a constituição de uma sociedade global socialista; e pela via capitalista simplesmente não há possibilidade alguma do planeta atender às demandas de consumo que seriam geradas pela elevação do padrão de vida das populações mais pobres a um padrão aceitável para o século 21.
    Agora, mudando ligeiramente de assunto e voltando ao início do meu comentário, tem muita gente precisando aprender urgentemente a respeitar opiniões diferentes. Se não conseguir expressar respeito por palavras, que ao menos tenha a dignidade de abster-se. O mundo não precisa mais de cães raivosos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso.
      Finalmente um comentário sensato.
      É só alguém escrever algo diferente do que o outro pensa e lá começam os xingamentos. Desculpe me, mas os cães raivosos não querem um mundo melhor. Querem apenas inflar seus egos dizendo que estão do lado vencedor.
      O verdadeiro capitalista ou comunista é aquele que sabe criticar o seu próprio sistema de organização social e econômica. De modo contrário, significaria que você acredita que o mundo é perfeito e deveria ficar assim.

      Excluir
  27. "A democracia é o pior dos regimes políticos, mas não há nenhum sistema melhor que ela"
    Winston Churchill

    Tenho esse mesmo sentimento em relação ao Capitalismo.

    ResponderExcluir
  28. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  29. Como assim?? O Comunismo funciona SIM!!! O Fidel, o Putin, a família do Hu Jintao, o Kin Jong Um, todo ditador africano e do Oriente Médio são BILIONÁRIOS. Toda alta cúpula dos partidos comunistas são MILIONÁRIOS. Todo membro de partido comunista é funcionário público. O resto da população é histérica e obedece cegamente ao regime. E finalmente, os dissidentes estão mortos, presos ou exilados. O modelo é tão bom que os bilionários capitalistas querem fazer uma versão light do comunismo com inspiração Gramsciana. É uma falácia dizer que o Comunismo não funciona!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E como assim?? O Capitalismo funciona SIM!! Os filhos de ricos, herdeiros, empresas e empresarios que passam por cima dos trabalhadores por seu melhor, governantes dos paises capitaistas e politicos membros da iniciativa privada sao BILIONARIOS. Toda a capula dos governos de grande porte sao milionarios. Todo amigo dos que estao no poder sao privilegiados. O resto, se ilude com a possibilidade falsa dada a todos que com o trabalho duro qualquer um consegue crescer e ficar milionario, excessao e nao regra. E finalmente, os dissidentes sao ridicularizados e exilados de seus paises. O modelo eh tao bom que os milionarios comunistas querem uma versao light do capitalismo, com inspiracao nas ditaduras militares. Eh uma falacia dizer que o Consumismo nao fnciona! (desculpe a falta de acentos e cedilha, meu teclado nao os possui)

      Excluir
    2. A sua tentativa de paródia é ridícula, ainda assim a primeira opção é um ambiente muito pior do que o falso ambiente que você descreveu. Se você gostasse do capitalismo, teria à disposição ótimos teclados, bons, baratos, ABNT2 para comprar...

      Excluir
  30. Em qual direção apontavam as metralhadoras no Muro de Berlim? Eram para impedir a entrada ou a saída das pessoas do estado marxista? Quantas pessoas morreram, se afogando no mar, tentando chegar em Havana de Miami? Tem muita gente fugindo de Coreá do Sul para o Norte?

    ResponderExcluir
  31. "Desde então é inegável que a qualidade de vida e a economia prosperaram enormemente nos países capitalistas.
    Ao contrário do que Marx previra, a qualidade de vida das classes menos favorecidas aumentou e a pobreza extrema está sendo reduzida gradualmente em todo mundo." KKKKkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  32. Texto ridículo e sem fundamento. Aposto que a maior dos que comentaram estão confortáveis em suas casas, pouco ligando para o que acontece no mundo, só pensam em si mesmos! Comunismo é humanidade, é acabar de vez com essa exploração em cima dos trabalhadores. Olha o exemplo de Cuba, todos tem direitos iguais a educação e saúde, sem ninguém explorando a população. Tenho orgulho do Brasil que cada vez mais está caminhando para o lado social, viva o Brasil vermelho! Viva o PT!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cuba é um ótimo país pra se morar, por isso todo mundo foge para lá de barco.... é o sonho de consumo da humanidade, morar lá... vcs PTistas que gostam de fazer uma vaquinha, to pensando aqui, não quer começar uma vaquinha pra cada mês ir um tanto de vcs morar lá? Eu que não sou PTista farei questão de contribuir com essa causa... será ótimo para vcs que estarão vivendo no mundo em que vcs sonham, e bom para nós brasileiros que queremos um país melhor e não um país onde todos são igualmente pobres! Eu doarei com certeza! Tá vendo, não tô só pensando em mim, to pensando em sua felicidade também, e na felicidade de todos os outros vermelhos que veneram Cuba e Fidel! Ta aí uma ideia que ia mudar o mundo e fazer tanto socialistas-comunistas como os capitalistas felizes: Todo mundo contribuindo para realizarem o sonho de vcs de viverem em um país como Cuba, pagando uma passagem só de ida pra vcs para Cuba!!!

      Excluir
    2. Por que é ridículo?mostre onde.
      Por que é sem fundamento?quais são os seus argumentos válidos que podem fundamentar sua critica?poderia nos explicar?

      Bom se a maioria que comentaram,estiverem bem e estiverem em suas casas próprias.Por que os demais depois de 12 anos de PT já não estão morando em casas próprias?Se contarmos o governo SOCIALISTA no Brasil,já está no poder há 30 anos.E Por que o Brasil continua na merda?um Pib ridículo,um crescimento pífio e vergonhoso.Gastos enormes,uma das maiores cargas tributárias do Planeta e de 12 ministérios no regime militar,passou para 40 e no entanto a população sofre sem atendimento hospitalar,tem uma educação de péssima qualidade,nossos portos e aeroportos recebem migalhas,enquanto 1,6 bilhão da nossa grana foi investida em CUBA.
      Comunismo é humanidade?onde?nos mais de 55 mil brasileiros
      assassinados por ano?(se somar todas as guerras no mundo,matam menos que o desgoverno SOCIALISTA do PT no Brasil).Exploração dos trabalhadores?de quem é a culpa pela porcaria do salário mínimo?não é de quem governa?quem explora mais os aposentados,se nos ultimos 12 anos,acumulam uma defasagem de 93%?Cuba é exemplo de igualdade?kkkkk só rindo...é por isso que o PT investiu bilhões lá?mas aqui no Brasil,que está desigual,daí o PT não quis investir?TENHO ORGULHO DE MIM MESMO e das pessoas que no Brasil,apesar da porcaria do governo de merda,trabalham,produzem e pagam impostos!Minha bandeira é verde e amarela,azul e branca.Jamais vermelha!

      VIVA O POVO BRASILEIRO!Fora PT!Fora socialistas/centralistas!
      O Brasil precisa é do Federalismo Pleno!

      Excluir
  33. Quem gosta de Cuba que vá morar lá. Fico no país capitalista, mesmo com todos os problemas. Pergunta a Dilma se ela irá fixar residência em Cuba. Não a Cuba da minoria, mas sim a do povão. Pra cima de mim, diria o General Newton Cruz.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      Venezuela,Bolívia,Argentina...tudo governo bolivariano,tudo se lascando e logo,será a vez do Brasil...não demora mais muito...Mas a comunistada vermelha,pode ir morar na Coreia do Norte ou então em Cuba...para cuba eles poderiam ir até a nado....

      Excluir
  34. Se esse governo estivesse mesmo querendo a igualdade, teria colocado toda a trupe no mesmo tipo de suite que a deficiente cognitiva ficou, diária de R$27.000,00. Mas é só balela, conversa para conseguir votos dos comprados, seja com bolsa esmola, seja com bolsa cargo, não vou nem falar que é bolsa emprego, porque são pessoas que não trazem nenhum tipo de beneficio para o País.
    O pior de tudo é que essas pessoas sabem que esse governo não tem competência para administrar corretamente. Sendo assim, fazem vista grossa para as burrices, roubalheiras e outras coisas absurdas que vemos. Mas no fundo, eles sabem que se perderem as esmolas, cargos, não conseguem arrumar nada pela simples falta de competência.

    A unica coisa que você pode multiplicar dividindo é o conhecimento.

    ResponderExcluir
  35. kkkkkkkkk quanta merda eu tive que ler, não que eu apoie regimes ditatoriais de qualquer que seja o cunho ideológico, mas nunca vi uma crítica tão ruim a "esquerda". Não quero discutir com ninguém, pois pelo que vi aqui terei que me rebaixar de mais para iniciar uma discussão com a maioria que aqui comentou (em anonimato ainda por cima), já que os comentários se resumiram a criticar Cuba por um lado e enaltecer Cuba por outro, como se Cuba e os regimes ditatoriais fossem os exemplos do que é "esquerda". Acho valido pessoas defenderem e assumirem posturas ideológicas, mas independente de qual postura elas tomarem, acredito que deva se criticar e se defender das criticas por meio de pesquisas e com certo nível de educação, pois dessa forma a sociedade terá mais a ganhar, independente de qual seja seu governo. E a propósito, a partir dos anos noventa, é muito difícil vc definir uma sociedade como de esquerda ou direita, a não ser os regimes totalitários, ou os EUA (que agora com o Obama está mudando mtu), a maioria dos outros países adotam posturas de "direita" ou de "esquerda" dependendo do setor da economia e do momento, um exemplo disso são os sistemas de saúde dos países desenvolvidos como os dos escandinavos e os "medicare" de canada e austrália, que são responsabilidades do governo com praticamente zero de financiamento da iniciativa privada! Ou seja, tanto pensamentos de "direita" como de "esquerda" tendem a contribuir ou não para uma sociedade como um todo, isso irá variar de qual setor da economia se está falando, de qual momento histórico o país e o mundo estão passando, dentre outras variáveis! Ridículo pessoas de "esquerda" aqui defendendo regimes ditatoriais também!

    ResponderExcluir
  36. 1- O socialismo falhou, e falhou mesmo. Ele é perfeito, ninguem seria melhor que ninguém,
    toda a sociedade trabalharia para um bem comum. Isso só funcionaria com todos acreditando
    no bem comum, mas as pessoas não conseguem concordar em tudo pra isso dar certo, e o
    único modo de fazer as pessoas "concordarem" com tudo é em uma ditadura, que é uma grade
    merda. A proposito, o comunismo esquerdista nunca chegou a funcionar, pois o comunismo
    é anarquista e funcionaria por si só, e o socialismo é a transição para o comunismo.

    2 e 3- O mundo todo mudou consideravelmente, de uma forma não prevista. Quanto a 2 eu
    não entendo tanto de teoria Marxista pra comentar a fundo. Quanto a 3, se não fosse
    o socialismo ter aparecido com suas idéias de uma melhor distribuição de renda e mais
    dignidade ao cidadão e ao bem estar social de uma forma geral, acredito que não ocorreria
    diminuição de pobreza nem melhoria de vida para as classes menos favorecidos, pois a politica
    conservadora buscaria sempre manter o patrão com lucros absurdos e os trabalhadores
    ganhando o menos possivel e trabalhando o mais que pudessem. Fato inegavel é que as ideias
    socialistas levaram aos trabalhadores a um maior questionamento sobre suas condições e
    uma maneira de mudar.

    4- Deve-se lembrar que o mundo viveu um bom tempo em 2 blocos: socialista, tendo como força
    base a União Soviética e o capitalista, tendo como força base o Estados Unidos. Os países
    capitalistas recebiam uma força dos Estados Unidos. Até com medo do socialismo tomar o Brasil,
    o Estados Unidos apoiou a implantação da ditadura militar brasileira. Muitas sanções foram
    dadas aos países socialistas pelos capitalistas e vice-versa. O bloco socialista acabou
    ruindo primeiro, e o apoio a esses países foi diminuindo ao mesmo tempo que as politicas
    externas não davam chance desses países crescerem. Existem países socialistas pobres
    e países capitalistas pobres também.
    A diferença é que um país capitalista rico tende a migrar fábricas para países pobres
    e explorar esses trabalhadores, não gerando muito lucro ou desenvolvimento para a
    região e levando o lucro para seu país de origem. Ou isso é mentira?
    A economia socialista busca gerar a riqueza do país, preferencialmente gerando-a
    no país e com os lucros para o país, mas mesmo assim são necessários empréstimos,
    importação de tecnologia e recursos que em geral são barrados pelo país ter tendencia
    socialista. Então, no cenário atual, é quase impossível um país com tendência socialista
    de governo dar certo economicamente.

    5- Países mais abertos a economia estrangeira podem sim se beneficiar,mas devem-se criar
    mecanismos para que o país se desenvolva e não seja apenas usado como mão de obra e
    recurso barata e temporária.
    Um bom exemplo de eficiencia de privatização no Brasil é a de telefonia celular, onde
    a competição criou um mercado com bons preços e produtos para a população e um bom
    lucro para o estado. Um mal exemplo, é a Vale do Rio Doce, empresa que foi vendida
    bem menos do que valia. Hoje, faz lucros imensos com o nosso minério. Não acho
    isso muito inteligente.

    6- Pode ser que a maioria do país seja pobre. Mas se esse mesmo país for mais desigual,
    mas gente muito pobre terá. E apesar de não ser bom, um país pobre é melhor que um
    país muito pobre. O Brasil nunca foi um país pobre, mas extremamente desigual. Nos
    últimos anos, se viu uma melhor distribuição de renda e mais gente podendo comprar
    sua casa, seu carro, mais gente podendo entrar na faculdade.
    Igualdade de renda só faz mal pra elite rica. Repare que igualdade de renda faz bem
    até pra sustentar o capitalismo.

    Eu to sem saco de logar nessa parada, mas se alguém quiser comentar algo escreve ai
    que eu respondo. Mas só faça isso, depois que você ler meu texto por inteiro e
    pensar no que eu escrevi. - João

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. João, concordo com vc em algumas coisas, mas em outras nem um pouco.
      Por exemplo: Você sabia que no primeiro ano depois de privatizada, o que a Vale pagou em impostos foi mais que o lucro dos últimos 10 anos?
      Sabe porque isso aconteceu?
      Ineficiência é a resposta. Qualquer tipo de estatal no Brasil não funciona, porque quem "administra" são pessoas indicadas que não tem a capacidade técnica ou de gestão para o cargo. Mas porque? O Governo está se lixando p/ eficiência. Ele prefere colocar alguém lá em troca de apoio partidário.
      Vou te dar um exemplo que atualmente está afundando a Petrobras: Hoje a empresa tem funcionários mais que suficientes para suas demandas, no geral são pessoas capacitadas, mas como não tem incentivo, não precisa correr atras, e como não podem ser mandadas embora por "incompetência". Não trabalham, não produzem porque simplesmente não querem. Não é uma meritocracia. Então a empresa precisa contratar empresas terceirizadas para realizar o trabalho que seus funcionários não fazem. Amigo, mesmo sabendo que petróleo bem administrado é o melhor negócio do mundo, e petróleo mal administrado é o segundo melhor negócio do mundo, não tem empresa com essa postura que consegue crescer ou pelo menos se manter.

      Por isso sou totalmente a favor de privatizar tudo.

      Uma outro ponto:
      Sou totalmente contra distribuição de renda da forma como é feita, não deixa a pessoa crescer, da forma que é, sempre vai ser dependente.
      Se tivesse uma politica de distribuição de renda em que a pessoa beneficiada tivesse oportunidade, funcionaria muito melhor, por exemplo:
      O cara recebe x por mês, mas teria que frequentar um curso técnico ou superior gratuito do seu interesse (outra distribuição de renda). esse x por mês seria calculado somente para locomoção baseado na assiduidade nas aulas, e não somente ir lá e buscar o dinheiro.

      As pessoas em sua maioria são preguiçosas, então você precisa de mecanismos inteligentes para adaptar esses repasses.

      Outro ponto é quando vc diz que igualdade só faz mal para Elite rica. Esse é o pior, porque sem essas pessoas que pensam, empreendem, arriscam, criam estruturas e geram empregos, ai é que nem existiria renda p/ dividir mesmo. Esse papo de que elite é isso, elite é aquilo, é conversa fiada de governo que quer criar problemas sempre culpando alguém pela incompetência deles.

      Repito o que disse no comentário anterior:
      Anônimo 26 de janeiro de 2014 18:26

      A unica coisa que você pode multiplicar dividindo é o conhecimento.

      Excluir
    2. tudo tão simples de fazer, receita: jogue o orgulho no lixo e vire homem de DEUS, o resto é trevas e estes doutores do conhecimento teórico cientifico Marx e meu pau

      Excluir
    3. Gosteida resposta do primeiro anônimo. Colocar culpa da pobreza de uns pela riqueza de outros é no minimo ingenuo.

      Excluir
    4. Bom trabalho... gostei de sua análise... sem se aprofundar, mostrou a falácia do texto, que trabalha sem lógica alguma as variáveis...

      Excluir
    5. Bom, sobre a questão de privatizar. Imagine se as empresas privadas comandassem todos os recursos e serviços no Brasil. As empresas acabariam tendo uma autonomia maior que a do governo e empresas são empresas, elas existem para lucrar e só para isso, e se elas puderem fuder com o país pra ganhar mais dinheiro elas fariam. Empresas acabam sempre se unindo, para ter maioria, acredito o que ocorreria é um único grupo tendo mais poder do que qualquer nação. Imagine um grupo tendo posse da agua, da energia, da saúde, da industria e a educação por completo. Sim, gestão pública tem uma tendência a ser pior, mas acredito que o país tem dado melhorias, os flagras tem sido maior e as punições também, a mamata está diminuindo, está ocorrendo uma cobrança maior. O problema no serviço público é muito antigo pra ser resolvido rápido, mas com cada dia mais denuncias a coisa tem melhorado, acredito eu.

      Agora sobre a elite. "Colocar culpa da pobreza de uns pela riqueza de outros é no minimo ingenuo.". Será?

      Exemplo 1: Você é negro. Quando seus descendentes foram libertos da escravidão, eles não tinham emprego, não tinham como voltar pra sua terra natal e eram vistos como subhumanos pelos brasileiros. O tempo passou e os negros começaram a conseguir empregos menos importantes. Depois, conseguiram começar a crescer na sociedade e vistos com muito preconceito ainda. Agora, vejamos, a grande maioria dos negros no tempo dos nossos pais, era pobre. Porque? Pois se aparecesse um branco concorrendo ao mesmo emprego de um negro com a mesma qualificação, o emprego seria do branco, pois ele é branco. E mesmo sobre qualificação, com uma família pobre antigamente se tinha menos chance de estudar( isso sem contar que as escolas também tinham uma preferencia por brancos), pois as crianças tinham que logo ajudar a sustentar a família, enquanto o filho branco do rico poderia ficar estudando.
      Voltando sobre o tempo dos pais, quem tem mais chance de ter ficado rico, o filho do negro, que era rejeitado por sua cor ou o filho do branco, que era branco. É imbecil, mas é óbvio que o filho do branco. Não que o negro não conseguisse isso, mas simplesmente pela cor ele já acabou nascendo em "desvantagem". Hoje em dia, criticam cotas raciais, por ser "desigual", mas parecem que não vêem que isso só vem tentar dar um passo a frente em quem já nasceu com uma caminhada atrás.

      Exemplo 2: Não sei se sabem, mas pra receber bolsa família, os filhos precisam estar matriculados em escolas e ter ao menos a média. Isso reduz consideravelmente o número de crianças tendo que trabalhar, pois essa ajuda que o governo dá, pode ser a diferença entre uma criança ir estudar e não passar fome, tendo chance de um futuro bem mais digno do que vendendo balas ou cortando batata ou engraxando sapatos. Sejam sinceros com vocês mesmos, hoje em dia se veem bem menos crianças fazendo isso de que há 8, 12 anos atrás.

      Não acho errado ninguém ficar rico por seu trabalho e ser parte da elite. Só acho errado a elite nascer as custas da exploração dos outros. Vejamos, o quanto o Sarney roubou em toda sua vida, o ACM que ganhou 12 emissoras de televisão de brinde do mesmo Sarney e tanta gente mais que se fez rica na política e em desvios de obra pública e de empresários que só se tornaram ricos por ajudinhas governamentais. Se dependesse da elite, trabalharíamos 14 horas por dias nas fábricas, não votariam os pobres e as mulheres continuariam sendo somente donas de casa.

      Somente quando se dão oportunidades iguais, colocar culpa da pobreza de uns pela riqueza de outros é no minimo ingenuo. As vezes igualar as oportunidades é dar mais chance temporariamente a quem teve menos chance historicamente. Claro, existe quem que por mais que sejam criadas chances vai as merecer mas não se pode tirar o direito de ter a chance.

      Sou ateu, mas quanto a virar homem de Deus, "largando" o socialismo, porque Deus é bondoso e justo e no céu e não existem ricos, nem pobres?

      João.

      Excluir
    6. Não existe mais esquerda e direita bem definidos nos governos não ditatoriais. Por exemplo, o PT, partido dos cumpanheiru, que muita gente adora xingar fez a economia capitalista girar melhor, ajudando no financiamento de casas próprias, facilidade para comprar eletrodomesticos e carros.

      Excluir
  37. Que idiotas! O povo quer criticar o Marxismo sem nem ter capital (ou cacife) intelectual para ler e entender O CAPITAL de Marx.

    ResponderExcluir
  38. FATO, TEMOS DOIS CAMINHOS LUZ ou TREVAS, tudo fora da luz é treva apenas isto se faz necessário saber, o resto os teóricos e os doutores de bla bla bla são meros barro pensando ser bambambam

    ResponderExcluir
  39. hitler também tinha discursos agradáveis aos ouvidos, e deu no que deu, AVISEM O DOUFINHO QUE ESTÃO MATANDO JUDEUS, pobres bando de cegos guiados por cegos

    ResponderExcluir
  40. Melhor simplificar: Peguem todos os "comunistas" e socialistas (e até mesmo os de fachada) e mandem todos para a Coréia do Norte e Cuba, o Brasil economizará milhões de reais em programas bolsa-esmola com estes inúteis e seguimos nossa vida.

    ResponderExcluir
  41. "A pobreza extrema está sendo reduzida gradualmente em todo mundo".
    O texto não é de todo ruim, mas exagera em alguns pontos sabemos que não existe sistema econômico
    perfeito, não sou contra o capitalismo de forma alguma, porém devemos fazer com que a renda seja melhor
    distribuída para que não haja pobreza extrema que existe sim em muitos lugares, é sempre bom discutir sobre
    tudo isso, mas com respeito sem precisar ofender ninguém são visões diferentes e ninguém precisa ser
    "queimado" por isso, outra coisa é que não adianta falar mal de cuba, ou seja lá de qual país comunista, socialista
    o que temos são os fatos e por mais que esses países estejam atrasados ou não algumas coisas funcionam melhores
    lá do que aqui e vice-versa toda essa discussão é inútil se não vier acompanhada de algo concreto o que vocês estão fazendo
    para mudar um pouco a realidade onde vivem.

    ResponderExcluir
  42. Não adianta! Lendo os comentários, fica evidente que quando a pessoa passa por uma lavagem cerebral é inútil argumentar, mesmo que seja com a clareza e apresentação de fatos históricos irrefutáveis como os deste excelente texto! Muito bom! Vou difundir! Francisco

    ResponderExcluir
  43. O texto (artigo) está OK no que tenta desenvolver. Existem alguns detalhes, mas, está OK. Agora, os comentários são a melhor parte. COMENTÁRIOS HILÁRIOS (nem todos é claro)!!! Uns xingando os outros e, ainda assim, achando que estão discutindo política, sistemas sociais e econômicos... *alguns criticam o erro de escrita dos outros, mas, para isso, se valem de seus próprios erros;
    *na falta de argumentos usam: - idiota, imbecil, besta;
    *ah! Questões semânticas também são levantadas.
    Mas, tudo certo. É bom que a população esteja tentando debater essas questões, mesmo que seja dessa forma.

    ResponderExcluir
  44. "Outros economistas posteriores como Ludwig von Mises e Friedrich A. Hayek dariam mais detalhes sobre a inviabilidade do socialismo, explicando que dessa forma, a única maneira de medir a utilidade de um produto é através do mecanismo de oferta e demanda do livre mercado. "

    PAREI AQUI

    ResponderExcluir
  45. Se vivêssemos como cupins e formigas socialismo seria perfeito! O que complica a vida do pobre é a corrupção ( que rola em todas as formas de governo)...

    ResponderExcluir
  46. Não há nada de errado com o texto. Marx era um cara que torcia a realidade para que ela se enquadrasse na sua "doutrina", porque, de científico aquilo não tem nada. Já foi mais que refutado por gente muito boa. Só quem acredita ainda nisso é quem mama na teta (a nomenklatura, os canalhas) e a militância com o cérebro lavado e enxaguado (os inocentes úteis). E zé fini!

    ResponderExcluir
  47. na hora que eu li nas fontes "wikipedia" eu entendi a baboseira!

    ResponderExcluir
  48. Alguns paises nordicos foram citados como exemplo em alto nivel de IDH. Logo, é importante ressaltar que esses países nao sao exemplos de um capitalismo que se aproxime dos Estados unidos da America, por exemplo, onde ideias como a livre concorrencia e as liberdades individuais sao, em grande parte, distorcidas pelos grandes dirigentes de capital conforme seus proprios interesses. E fato que o um ideal de "sociedade socialista" (e nao comunista, que e apenas um estagio) foi comprovada inviavel pela historia e nem mesmo o Marx poderia acreditar nela de modo concreto, contudo, uma sociedade mais justa e igualitaria pode sim ser um ideal a ser seguido, ao contrario de uma sociedade brutal onde reina o LIBERALISMO A QUALQUER CUSTO(USA), penso que o melhor exemplo mais bem sucedido de Estado Democratico de Direito sao de fato os referidos paises nordicos, onde nao existe uma ilusao socialista(integralmente) e nem um capitalismo selvagem, e sim, o Estado de Bem Estar Social, um equilibrio entre os aspectos positivos de ambos. O equilibrio e o bom senso sempre sera a melhor opção...sempre acreditarei num estado que atue atenuando os conflitos e as diferenças naturais nunca tratando igualmente os desiguais(isto e covardia).

    ResponderExcluir
  49. Muito bom o texto. O duro é aguentar os esquerdopatas burros falando bobagem nos comentários. Quem nunca leu Marx são eles. Se leram, não entenderam, é claro.

    ResponderExcluir
  50. O cara digita Testo.....parei de ler ai.

    ResponderExcluir
  51. Que lixo! o cara confunde esquerda, com socialismo, com comunismo, com governos autoritários e analisa tudo sob dois lados, como se capitalismo fosse algo uniforme no mundo, e de um lado estivesse o capitalismo uniforme e do outro esse tal de esquerdismo-socialismo-comunismo-marxismo-etceterismo... Valorize o capitalismo, mané... não essa baboseira que você tentou escrever...

    ResponderExcluir
  52. É isso aí, esquerda=socialismo, parabéns ao autor do texto e aos seus babadores de ovo que seguem usando os termos como se eles significassem o mesmo de 100, 150 anos atrás.
    Parabéns ao autor e babadores que acham que existem 2 sistemas no mundo: capitalismo e socialismo e mais nada a ser pensado, discutido, argumentado.
    Parabéns a vocês que não percebem que o "capitalismo" mudou dúzias de vezes, melhorando daquilo que foi nos seus primórdios por causa da discussão dialética colocada na mesa pelos seus críticos, assim como as idéias de esquerda vêm sendo constantemente atualizadas pela discussão com os liberais.
    Nenhum crítico atual e sério do capitalismo ultra liberal, aquele onde as empresas podem tudo e o governo não regula nada defende o socialismo ou comunismo como solução. Nenhum "professor esquerdista" sério e atualizado.
    Enquanto nosso jornalismo for barato, atrasado, pouco escolado e sua horda de leitores forem piores ainda, estaremos sempre cegos às mudanças do mundo, incapazes de prevê-las e de liderar mudanças conceituais que melhorem a vida de todos. Vamos continuar a ser esse país sem discussão política, sem progresso intelectual, esse país marginal, à deriva dos acontecimentos dos outros e que espera a intervenção divina diariamente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E que o capitalismo só funciona quando o Estado tem certo nível de intervenção, pois o mercado, por si só, não produz equilíbrio, como se pode ver na crise internacional atual, fruto da total desregulamentação nos países mais capitalistas.

      Excluir
  53. acho que o texto podia ter sido melhor elaborado, mas suscita boas discussoes...

    ResponderExcluir
  54. Mais em tudo isso vemos algo bom! Estão dizendo que o Ben Affleck não vai mais ser o Batman.

    ResponderExcluir
  55. Karl Marx, grande pensador das ilusões. Pensamento comunista nivela o ser humano por baixo. Subestima sua capacidade, denigre a imagem do ser humano a uma animal irracional. Não somos iguais, nunca seremos. Complexo de inferioridade para alavancar um sistema que já nasceu falido.
    Quem sabe daqui uns 10.000 anos teremos esse pensamento igualitário, chegaremos no nirvana do ser, existir. Karl Marx era a pessoa do contra. Apenas isso.

    ResponderExcluir
  56. Nao sou especialista em capitalismo e tambem em comunismo mas nao precisa ser muito inteligente para perceber que e o comunismo na teoria seria o melhor sistema de governo mas nao funciona na pratica pois nos seres humanos somos diferentes cada um temos nossas proprias habilidades nossos anseios de criar conquistar vencer uns mais trabalhadores e outros menos e por isso o comunismo na funciona. O comunismo funciona com as formigas, abelhas etc
    Tenho uma teoria que se distribuisemos toda riquesa igualmente a cada um da populacao em 10anos os recursos voltaria nas maos novavente dos antigos donos.
    Eu acredito que a responsabilida de ajudar a sociedade nao e do governo e sim da inociativa privada capacitanto e dando oportunidade para aquele que quer mesmo trabalha. E facil ter um cargo publico e ficar mamando na teta do governo, fora a corrupcao que tira odinheiro da mao daqueles que realmente trabalhao

    ResponderExcluir
  57. Isso tudo que vcs. estão debatendo, faz um bem tão grande, para os leitores que voces não fazem ideia, parabens a todos

    ResponderExcluir
  58. Hong Kong é um PAÍS????

    ResponderExcluir
  59. E nas universidades brasileiras afloram professores esquerdistas em todo canto. É uma pena o caminho que este país está a tomar.

    ResponderExcluir
  60. Quem baseia seus argumentos em teoria (Marx) e não observa os fatos empíricos (situação de países comunistas x países capitalistas) é um sonhador inútil que se chegar ao poder vai mandar a vidas do povo para o buraco.

    ResponderExcluir
  61. 1. O comunismo nunca existiu de fato. Esta seria uma etapa posterior a uma sociedade socialista, que também não existiu. A sociedade socialista seria uma sociedade na qual a classe dominante seria a classe trabalhadora, a classe explorada. Logo, de certo ponto de vista, países sociais democratas podem ser considerados mais próximos de uma experiência socialista do que a União Soviética, por exemplo. Porque os trabalhadores influenciam mais as decisões políticas.

    Mas, eu concordo que o pensamento de esquerda teve influência direta nas tentativas de socialismo, mas não por não ter uma crítica bem fundamentada da sociedade capitalista e sim por não ter tido consciência clara de que como reformar a sociedade.Cabe lembrar ainda que pela hipótese de Marx e Engels o socialismo não seria "tentado", como no século passado. Mas decorreria do próprio desenvolvimento do capitalismo.

    2. A teoria do valor trabalho não foi "refutada", e a teoria de Marx também não se resume somente a isso - Popper, por exemplo, em A Sociedade Aberta e Seus Inimigos, livro em que critica duramente o marxismo, propõe que a teoria de exploração marxista nem precisa da teoria do valor trabalho. Existem críticas à teoria do valor trabalho, mas essas não são nem menos contundentes e nem menos numerosas do que as críticas à teoria marginalista ou do valor "subjetivo".

    3. O próprio fato de Marx e outros críticos do capitalismo terem observado crises e ciclos econômicos pode ter sido um fator causador da manutenção do capitalismo. O fato é que o capitalismo, assim como era no século XIX, com pouca intervenção do Estado nas decisões de produção, levou o mundo a duas guerras mundiais e uma profunda depressão. Foi a partir da reforma no sistema decorrida das crises que o capitalismo se manteve, com a criação de bancos centrais, fim do padrão ouro, criação de instituições pra facilitar o comércio internacional, etc. Ou seja, de certa forma, Marx pode ter ajudado a salvar o capitalismo. Conservadores e liberais inteligentes tem consciência disso, como é o caso de Popper no mesmo livro que eu citei. Ele diz que o fim do "capitalismo irrestrito" - é assim que ele o chama - foi fundamental para a democracia ocidental.

    4. Não é verdade que os países mais miseráveis tiveram necessariamente experiências socialistas. Mas cabe uma inversão aqui: talvez eles tenham tentado o socialismo por serem pobres ao invés de serem pobres por causa do socialismo. É o caso de Cuba, por exemplo. Não que o país hoje seja uma maravilha, mas já era um país miserável e totalmente inserido no capitalismo. Na verdade, todos os países que tentaram o socialismo estavam inseridos no comércio internacional de alguma forma. E a miséria em certos países foi um fator determinante para a riqueza de outros - como se vê pelo colonialismo e pelo imperialismo.

    ResponderExcluir
  62. 5. Posso dizer que os países são liberais porque são desenvolvidos ao invés de desenvolvidos por serem liberais. Aliás, a história econômica costuma sustentar esta tese. Veja o livro Chutando a Escada. Nele o Chang mostra como praticamente todos os países industrializados tiveram alguma intervenção do planejamento do Estado influenciando diretamente o processo de industrialização. E os países que mais crescem hoje não são, de forma alguma, os mais liberais. A China, o Brasil, a Índia... esses países resistem bastante ao liberalismo e são mais uma espécie de economia mista.

    6. Distribuição de renda pode não ser vir pra nada... assim como produtividade altíssima também não. Os índios daquela tribo isolada lá na Amazônia tem uma produtividade baixíssima, mas o fato de serem mais iguais evita muitos problemas sociais que temos em nossa sociedade cosmopolita. Nem precisa ir tão longe, os países nórdicos não são tão produtivos quanto os EUA, mas o fato de serem mais igualitários coincide com problemas sociais muito menos impactantes.

    Além disso redistribuir renda pode aumentar a produtividade. Considerando que o estado inicial, o ponto de partida da sociedade, não era igual é possível melhorar a eficiência tornando a renda mais igual. E também é fato que o sistema piora a distribuição de renda e a forma de tributação é um dos influentes. Devido a isso, economista liberais como Friedman e Hayek também são favoráveis a uma redistribuição da renda - como programas de renda mínima e impostos progressivos.

    ResponderExcluir
  63. Odeio comunismo, mas confesso que a argumentação contra tal regime é de péssima categoria, incoerente ridídula, merda total!

    ResponderExcluir
  64. Cara, foi tanta leitura nesses comentários que nem sei por onde começar...
    Mas vou pelo que me vier à cabeça:
    1º. Não temos mais idade para acreditar no que víamos nos desenhos dos GIjoe ou jogando Red Alert, o mundo não é azul e vermelho e nunca foi, se o fosse a Guerra Fria ainda poderia estar por aí (e eu teria medo de um inverno nuclear e não da falência do Brasil);
    2º. Eu vi algumas citações aos países nórdicos em questão de um meio termo agradável entre socialismo e capitalismo e isso me levanta uns pontos:
    2.1. Países pequenos e com uma população com mais anos de estudos poderiam, em tese, funcionar até como comunidades anarquistas; complicado é aplicar isso em nações com centenas de milhões de habitantes de diferentes modos de vida e culturas;
    2.2. E o Estado de Direito tem vivido seus problemas por não ter como pagar pelos seus benefícios, conversem com qualquer sueco, por exemplo, e veja o desespero de ver seus filhos sem a mínima ideia de como conviver com dificuldades, achando que o Estado vai prover qualquer necessidade...
    3. Como comunicólogo eu percebo uma arregimentação de qualquer política de cunho social para um viés "socialista". Isso não é uma faísca de iluminação esquerdista, isso é canibalismo de ideias! Seria como dizer que a sociedade feudal era mais próxima do comunismo por ser estratificada e menos desigual (por uma questão de proporção e não por um censo entre plebeus, clero e nobreza). Logo, todo país, e "sistema" PRECISA gerar lucros para se sustentar. Acreditar que a cúpula do Partido chinês quer se tornar capitalista por fazer uso de algumas ferramentas do capitalismo, seria como dizer que os EUA sonham escondidos com o socialismo por conta do Obamacare por exemplo...
    Bom, estou me estendendo muito mas tô dentro pra ficar no debate, sem diálogo nada caminha adiante (só ditaduras... rsrs).

    ResponderExcluir
  65. É um bom artigo, mas considerar que 34% de carga tributária (como na Austrália) é pouco, a ponto de qualificar como "apenas", é um engodo. Não faça isso. O que traz riqueza não é APENAS uma carga tributária baixa. Mas, principalmente, um mercado livre. Livre de REGULAMENTAÇÕES. Isso é até bem mais importante que baixos impostos. Seria interessante citar a Austrália como exemplo de livre-mercado (3o país mais livre economicamente do mundo), e não como exemplo de baixos impostos. Porque não são baixos impostos, 34% é coisa pra caralho, o mesmo nível que aqui quase.

    ResponderExcluir
  66. Péssimo texto. Ótima analise fria do contexto em que nós vivemos, porém a realidade é outra.Hipocrisia aqui é pouca.Quer dizer então que a desigualdade vem caindo gradativamente no mundo??? Estamos caminhando para um mundo mais justo, por essa lógica cada vez mais consumista, materialista e de competição selvagem de mercado?? Interpretar os fatos a luz de artigos e dados qualquer caga regra faz, interpreta-los a luz do que realmente acontece no mundo são outros 500. Não defendo regimes totalitários, nem assassinos, seja a qual "modelo" ele sirva, porém, tão autoritário quanto o comunismo que foi praticado por alguns governos é o capitalismo, só que de uma outra maneira. O mundo vive a ditadura do capital, que se sobrepõe a dignidade humana, e alógica capitalista alimenta isso. Concordo com o comentário, de que isso faz parte do ser humano, historicamente sempre houve ganância e exploração a outras pessoas, por isso acho que as coisas vão mudar quando houver uma revolução de valores mesmo, algo da ordem do espiritual. O comunismo tem muito a ser contestado, mas ver certas pessoas fanáticas e odiosas, querendo "vender o peixe" que o atual domínio do capitalismo na economia global é o melhor caminho, é lamentável. Devo estar morando em marte.

    ResponderExcluir
  67. Pessoal nada disso é importante. A vida na terra é apenas uma provação. Tanto faz ter muito ou pouco. Capitalismo, Socialismo ou comunismo tudo acaba quando você morre. Tudo vira alimento para inseto.

    ResponderExcluir
  68. A simples constatação de que os países socialistas e comunistas são uma merda, já é suficiente argumento para não querer isso para o seu próprio país! O que tem que ser combatido é um governo corrupto e incompetente como vemos aqui e em outros lugares do mundo, colocando em cargos super importantes, amigos ou parentes que mal sabem a tabuada do 2. Temos que criar condições de trabalho para todos e educação, uma coisa que esse governo não tem! É só ouvir um discurso de governantes e da corja correspondente, para ficar bem claro isso.
    Ninguém tem que dividir porra nenhuma do que ganha com que não ganha, enquanto o governo torra dinheiro público e incentiva o povo a se revoltar contra quem trabalha e ganha. Esses comunistas e socialistas de merda, que estão acostumados a chupinhar tudo, nunca ficarão ricos ( a não ser os do governo, é claro!) tendo raiva de gente rica, pois você nunca será uma coisa que você odeia.
    Há muita injustiça no mundo? Lógico que há! Mas há muita oportunidade também para que rala e quer mudar para ganhar mais, sem tirar dos outros. Você acha justo deixar chegar a um ponto que se ganha mais sem trabalhar do que trabalhando? Que policiais que cumprem seu papel são afastados e os bandidos beneficiados pelos " direitos dos manos"? Pagar os impostos mais caros do mundo e ter os piores serviços do mundo? Sair de casa e ter uma grande chance de não voltar vivo ou ter o carro incendiado por um bando de vândalos que fazem manifestação como desculpa para saquear e destruir tudo?
    Se você acha isso legal e acha que essa justiça de Robin Hood é a solução, é porque você deve ser mais um bosta desses.

    ResponderExcluir
  69. E se não está morando em Marte, ainda dá tempo!

    ResponderExcluir
  70. Babaquice , texto tendencioso ! Ambos os sistemas , tanto capitalista , quanto socialista tem seus prós e contras ! Logicamente que os EUA muito mais influentes no mundo, conseguiram esmagar o socialismo com mais dificuldade do que eles imaginaram . Tenho que aplaudir de pé os países remanescentes do Socialismo que ainda não caíram mediante a maior potência do mundo . E muito me espanta , a não liberdade de autodeterminação política , sendo incoerente ou não ! fodam-se vocês!

    ResponderExcluir
  71. Comunismo x Capitalismo , Esquerda x Direita .. uma briga sem fim, onde pessoas sem educação perdem tempo se xingando e se tornam cada vez mais ignorantes. Na moral , nenhuma teoria é correta .. depende de como o país a usa , se queremos melhorar nosso país .. não precisamos dessa discussão. Vocês deviam trabalhar para tornar a nossa população mais honesta, inclusiva e menos ignorante para que possamos mudar nosso governo, não percam tempo com isso, porfavor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso já é um ótimo caminho!

      Excluir
  72. O socialismo pensa em dividir, o capitalismo em multiplicar. Prefiro multiplicar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você está completamente enganado. Capitalismo pensa em acumular. Multiplicar o trabalho de inúmeras pessoas/trabalhadores para que EU possa acumular. Não vou dizer que socialismo é a solução, porque não é. Mas muito menos é o capitalismo. Se eu soubesse a solução, pode ter certeza que já a teria divulgado.

      Excluir
  73. Querem dividir riqueza esses preguiçosos que não tem caapacidade de ganhar o seu.Mas quero ver ser socialista depois q ficar rio... bando de incompetentes!!! Abaixo a esquerda arruaceira e preguiçosa!!!

    ResponderExcluir
  74. Ninguem percebe uma coisa ....quando existia a união sovietica os paises capitalistas eram muito ricos e a sua população vivia muito bem. Isto ocorria para que as pessoas que viviam no comunismo tivessem o pensamento de que a vida no capitalismo era perfeita , e com o comunismo nesses paises foi eliminado.....Ms essa riqueza dos paises capitalistas era so fachada, e agora o capitalismo vai começar a mostrar as suas reais garras, nao existe mais comunismo forte no mundo entao nao existe razão para fingir que o capitalismo e uma maravilha. E com estamos entrando na era da buca do lucro sem fim para pouco que vao se tornar os donos do mundo e vamos voltar a um sistema toatalitario das grandes corporaçoes. Um exemplo disso e o fim da leis trabalhistas para que os grandes empresarios nao tenham prejuizos , a livre concorrencia e uma mentira poque tudo esta virando monopolios, os salarios nunca foram tao baixos , e as coisas tao caras, o desemprego esta ficando em numeros alarmantes ...quem nao consegue e vagabundo....isto tudo tb esta ocorrendo na europa e eua que tb vao virar paises de terceiro mundo pq nao existe mais a necessidade de fingir que o capitalismo e perfeito...o futuro e cade vez mais pobres , menos empregos , e poucos muito ricos.....

    ResponderExcluir
  75. desculpe os erros estou escrevendo com pressa rs,, como no futuro nao vai existir empregos que prestem (apenas pouco vao restar) população será empurrada a comprar com credito(oque ja existe atualmente mas vai ficar pior ainda , com pessoas altamente endividadas), pessoas com dividas sao escravos, no futuro todos serao escravos pq todos terao dividas....esse e o obejtivo final dos grandes capitallistas.
    penso tb tomem cuidado com essa onda de propaganda sobre emprendorismo, nao gastem o oque vcs tem pq a tendencia atualmente e a concetraçao de renda, se tiverem um apartamento nao o venda para abrir um negocio( pelo menos pensem com muita calma)porque se o negocio falir (oque tem grande chance , e so ver a taxa de lojas que fecham no primeiro ano), pq nao tem como concorrer com as grandes empresas entao vc vai acabar falido e envidado e elas ainda mais ricas....se vc tivesse ainda o apartmento vc podia alugar e ter uma renda,

    ResponderExcluir
  76. Discordo completamente do ponto dois. O valor está no trabalho e não na utilidade. Prova disso é que serviços são caríssimos em qualquer país do oeste europeu ou dos EUA.

    Outro erro básico refere-se ao sexto item. Distribuição de renda onde 99,9% da população é pobre não resulta em nada. Agora, distribuição de renda aliada a programas sociais eficazes realmente faz a diferença. Basta observar a situação de países como Dinamarca, Finlândia, Noruega ou Suécia. A renda é bem distribuída, os programas sociais funcionam e os serviços não são nada baratos.


    Não consigo entender porque as pessoas ficam nessa disputa infinita entre capitalismo e socialismo. Os dois têm seus pontos positivos e positivos. Se o capitalismo fosse a salvação não existiriam pobres nos EUA.

    ResponderExcluir
  77. outra coisa logico que cuba e coreia do norte vivem em extrema pobreza , a grande máquina dos paises dominantes fazem de tudo para boicotar estes paises e assim mostrar como o regime destes paises e ruIM.
    sou capitalista , mas este capitalismo moderno sem freios vai levar a maioria da populaçao a miseria....o capitalismo e bom mas o estado e bom tb....tem q ter um balanço....o mercado totalmente livre so e bom para os donos das grandes multinacionais.
    As vezes fico pensando como a pessoas que e pobre , defendendo o capitalismo sem limites , defendendo privatizacoes de estradas , ela nao vai ganhar nunhum puto com aquilo, vai ser explorada diariamente com taxas muito altas(pq se o pedagio fosse 1 real td bem mas 5 , 10 reais e demais, sendo que empresa nao gastou nada em construir a rodovia ja pegou ela pronta e so lucra)
    oque vejo atualmente e que o capitalismo leva a corrupção sem freio pq todos buscam o novo deus que eo dinheiro, so ver a grande corrupçao que esta ocorrendo na contrução dos estadios.Contruir hospitais ninguem que pq iria tirar o lucro dos convenios de saude, contruir colegio tb nao, vao contruir estadio vagabundos com material vagabundo para o lucro maximo.
    ISTO E O CAPITALISMO MODERNO.
    SOU CAPITALISTA, MAS O CAPITALISMO NAO PODE FICAR QUE NEM UM ANIMAL SELVAGEM SOLTO DO JEITO QUE ESTA...

    ResponderExcluir
  78. Quem escreveu esse artigo aqui ta precisando estudar filosofia política.
    O comunismo de Marx é uma sociedade na qual não há líderes. Todos os trabalhadores cuidam de si só e em seu último estágio torna-se anarquia. De fato a teoria de Marx é mais liberal do que o que você chama de liberal.

    O comunismo de Marx nunca foi implementado em nenhum país do mundo, então por favor, não passe a vergonha de dizer que a Ditadura Chinesa e Cubana são regimes comunistas e provas de que o sistema não funciona, porquê essa afirmação pertence aos ignorantes que nunca estudaram sistemas políticos afundo. E dizer que é melhor não estudar porque a teoria foi refutada é o maior atestado de ignorância que uma pessoa pode ter. Essa pessoa com certeza não sabe que a teoria de liberalismo capitalista também já foi refutada!
    O comunismo pode não funcionar por inúmeros fatores, mas nós não saberemos quais serão até que seja implementado de verdade. Pelo outro lado, já existem evidências científicas de que o avanço do capitalismo e tecnologia nos países ricos está literalmente destruindo o mundo. Além do sistema de "oferta e procura" não contar com o fato de que nós vivemos em um Planeta com recursos limitados, o capitalismo descontrolado, liderado pelos Norte-Americanos, é a causa de muitas guerras e conflitos no mundo.

    O neoliberalismo é a maior ferramenta de colonização que os países ricos tem sobre os países pobres, propositalmente perpetuando pobreza para que esses países sejam obrigados a vender seus recursos naturais e força de trabalho por preço ridículo. O uso de bancos internacionais como o FMI são cruciais para tal colonização financeira e razão da existência de tanta pobreza num mundo que possui tecnologia suficiente para erradicá-la.
    Os países ricos simplesmente não deixam os países mais pobres se desenvolver porque para eles não vale a pena. Se o Americano tivesse que pagar um salário digno pro Chinês, ninguém ia poder comprar roupa e outros bens tão barato. E é claro que comprar barato é mais importante do que pagar um salário que garante qualidade de vida não é não senhor Porco Capitalista? Comprar mais barato nos custa escravidão, poluição da natureza, ar e água que consumimos, e achar que nada disso está conectado com o nosso dia a dia ou que nunca poluiremos o suficiente para erradicar a seres vivos, incluindo humanos é no mínimo irracional.
    Aliás cientistas já provaram que nossa condição de vida já estará precária por volta de 2050 apenas com os países ricos produzindo e poluindo na frequência que o liberalismo capitalista dita. Imagine se todos os países tivessem a mesma tecnologia, potência, e pior, mentalidade? O que acontece quando a gente adota um sistema onde nossa identidade se resume em consumo? ou pior, consumo incontrolável como o liberalismo capitalista exige.
    Eu moro e faço faculdade de Ciências Políticas nos EUA, California (por essa vcs não esperavam né). Acontece que até os Americanos estão percebendo como o sistema deles não é sustentável e age como um câncer no mundo. É isso que eles estão ensinando nas Universidades mais progressivas.
    Você muito provavelmente não saberia disso só assistindo TV, pq a elite, claro, não permite. Eles se beneficiam muito com o alto PIB, constantemente ignorando o fato de que o índice de felicidade da sociedade Americana está caindo cada vez mais. E pior gastam bilhões todo ano financiando 2% da comunidade científica pra dizer que os outros 98% inventaram o aquecimento global. Afinal de contas aquecimento global é muito comunista né. "Invenção" de quem é contra produção em massa. Onde já se viu parar de lucrar e crescer só por causa de uma "poluiçãozinha". Nós precisamos crescer cada vez mais e nunca parar não é mesmo!?
    Pro senhor que falou que Capitalismo é bom porque multiplica, lembre-se que multiplicar por simplesmente multiplicar é a mentalidade de uma célula cancerígena.

    ResponderExcluir
  79. o grande mal do mundo não está no capitalismo ou comunismo, o grande mal no mundo está na CORRUPÇÃO,sendo como está ocorrendo na china, ou que está ocorrendo no mundo capitalista onde as grandes empresas manipulam as leis para que estas lhe tragam benefícios. A corrupção é a causa de toda essa pobreza e desigualdade.O problema do mundo está em as pessoas não olharem o próximo . preferir dar um dizimo para um pasto que nem se sabe oque ele vai fazer com aquele dinheiro ao invés de dar para um pobre.O problema do mundo está em as pessoas gastarem rios de dinheiro com animais de estimação enquanto uma criança morre de fome.A pessoa ter lucro com seu comércio não tem nada de errado, mas quando ela manipula as leis através da corrupção para beneficio próprio ( fim dos direitos trabalhistas levando a trabalhos escravos)ela esta matando milhares, ou quando o chefes dos partidos comunistas comem caviar enquanto o povo vive com pouco também não correto e é vergonhoso também.Resumindo o grande problema é o homem. Tem que haver um propaganda intensa para acabar com a corrupção que é o pior dos crimes.

    ResponderExcluir
  80. eu vi num artigo 87 pessoas( isso mesmo 87 pessoas num mundo de 7 bilhões) detém quase mais da metade da riqueza mundial, o lucro deve ter limites né.....lógico que esse lucro todo não veio de trabalho e sim de corrupção, tráfico de drogas , venda de armas para guerras sem sentido....

    ResponderExcluir
  81. Acabei de voltar de uma viagem por Vietnã, Camboja e Singapura.
    Depois de ver com meus próprios olhos, e fácil ver como o socialismo ou comunismo são totalmente fracassados.
    O Vietnã abriu sua economia nos anos 80 após um período de extrema fome.Pergunte e veja o que a população de lá pensa! Todos admitem uma grande melhoria na qualidade de vida após a abertura.E pra quem duvida da abertura do mercado, basta andar nas cidades de Ho Chi Minh e Hanói.
    No Camboja nem se fala.Eles ODEIAM comunistas.Os dois países querem mais investimentos internacionais e turistas.É fácil ver e ouvir da própria população os benefícios da liberdade do mercado, apesar de ainda estar longe do ideal.

    ResponderExcluir
  82. Estou enviando essa mensagem como anônimo, pois isso não me obriga a passar por toda essa burocracia para me cadastrar. Mas eu tenho um nome, e ele é André Ambrosio.
    Gosto de comentar alguns textos que encontro na rede. Esse é um deles, principalmente porque postado por um amigo meu que prezo muito.
    Vou meter minha colher torta no papo.
    Marx viveu de 1818 a 1883, no período em que o capitalismo selvagem pontificava principalmente na Inglaterra. Diante da realidade que se lhe apresentava, Marx concluiu que o capitalismo não tinha futuro, a não ser que a sociedade adotasse algumas medidas para lhe conter a voracidade. De seus escritos deduz-se que o capitalismo sobreviveria somente se mudasse sua maneira de ser. Para tanto, ele sugeriu um programa de dez pontos. Recomendo que cada um deles seja analisado cuidadosamente e se veja o que as grandes nações democráticas, desenvolvidas ricas e capitalistas, fizeram a respeito.

    PROGRAMA DE DEZ PONTOS DE KARL MARX.
    1. Abolição de toda propriedade da terra.
    2. Pesado imposto sobre a renda, progressivo.
    3. Abolição de todos os direitos de herança.
    4. Confisco de todos os bens de emigrados e rebeldes.
    5. Controle estatal de todos os meios de comunicação e transporte.
    6. Aumento do número e do tamanho dos instrumentos de produção
    possuídos pelo Estado.
    7. Redução da jornada de trabalho.
    8. Regulamentação do trabalho das mulheres e das crianças.
    9. Férias remuneradas para todos os trabalhadores.
    10. Livre educação para todas as crianças em escolas públicas.

    ResponderExcluir
  83. O Comunismo está enterrado. Seu teórico não teve a sensibilidade de imaginar que o Capitalismo era capaz de se inventar, se transformar e de se adaptar. O Capitalismo de hoje não é o mesmo de antes. Vivemos numa nova sociedade, moderna, complexa onde o discurso Leste x Oeste não cabe mais.

    ResponderExcluir
  84. Texto frágil tanto quanto é frágil a intenção do autor. Além de carecer de embasamento e reflexão, comete o mesmo erro que os "professores esquerdistas" olhando para a realidade em preto e branco e desconsiderando a complexidade social e política. Ao invés de um professor esquerdista temos um "aluno-wiki" direitista...

    ResponderExcluir