Marxista pode ter iPhone? Acho que sim pois, até onde eu sei, o boicote aos produtos do capitalismo, partindo de iniciativas individuais não parece ser uma via revolucionária viável para Marx. O problema é que, de acordo com a teoria económica marxista, alguém disposto a pagar tão caro pra ter um iPhone é, digamos assim, um trouxa.

Deixe-me explicar: Marx acreditava na Teoria do Valor Trabalho, diferente dos liberais modernos que acreditam na Teoria do Valor Subjetivo. Os liberais modernos acreditam que o valor de uma mercadoria depende das preferências, dos valores e dos gostos subjetivos das pessoas, já Marx acreditava que o valor da mercadoria depende do trabalho necessário para produzi-la.

Como Marx explica então, a disposição de algumas pessoas em pagar tão caro em mercadorias com alto valor agregado? Como um marxista explica, por exemplo, o preço elevado de uma simples xícara de café no Starbucks, feito com ingredientes os quais qualquer um pode ter acesso? Ou o preço salgado de um...iPhone?