Ex-Primeiro-Ministro da Suécia rebate declarações de Bernie Sanders sobre socialismo

O pré-candidato à presidência dos Estados Unidos pelo Partido Democrata, Bernie Sanders, pretende se tornar o primeiro presidente americano abertamente socialista e diz ter como modelo de “socialismo democrático”, países escandinavos como Dinamarca e Suécia. Mas parece que os próprios líderes políticos escandinavos discordam da ideia de que seus países são socialistas.

Depois que vídeos em que Bernie Sanders aparece elogiando a antiga União Soviética viralizaram na internet, entre as reações negativas estava a de Carl Bildt, que foi Primeiro-Ministro da Suécia entre 1991 e 1994. Ele declarou no Twitter:

“Bernie Sanders teve a sorte de poder visitar a União Soviética em 1988 e elogiar todas as suas impressionantes realizações socialistas antes que todo o sistema e império colapsassem sob o peso de suas próprias falhas monumentais.”

Bildt foi um Primeiro-Ministro liberal após décadas de governos social-democratas e foi o responsável por várias reformas liberais que tiraram a Suécia da pior crise econômica de sua história. Graças a ele, os impostos sobre ganhos de capital da Suécia foram reduzidos para 30% e os corporativos, para 28%.

Bildt também privatizou várias indústrias estatais, desregulamentou vários setores da economia, permitiu que as pessoas investissem partes de suas pensões e liberalizou o sistema de educação, o que melhorou enormemente o sistema.

Depois de Bildt, a Suécia, que havia perdido completamente seus empreendedores graças a impostos sobre empresas que às vezes ultrapassavam a marca de 100%, floresceu mais uma vez. Mesmo quando o sucessor social-democrata Ingvar Carlsson assumiu, vendo as enormes melhorias obtidas em apenas alguns anos de reforma, essas políticas foram mantidas.

Carl Bildt também não foi o primeiro líder escandinavo a rebater Bernie Sanders. Em 2015, o Primeiro-Ministro da Dinamarca, Lars Løkke Rasmussen, declarou que Sanders estava equivocado ao classificar a Dinamarca como socialista e reiterou que seu país é uma economia de mercado.

 

 

Um comentário em “Ex-Primeiro-Ministro da Suécia rebate declarações de Bernie Sanders sobre socialismo

  • 23 de Fevereiro de 2020 em 07:37
    Permalink

    É muita sandice do Sander, pobre doente enganado.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *